Mônica Salmaso e André Mehmari em show de voz e piano no Theatro Net Rio

Mehmari & Salmaso (foto: Myruam Villas Boas)
Mehmari & Salmaso (foto: Myruam Villas Boas)

Um encontro. Uma amizade musical. Acantora Mônica Salmaso e o pianistaAndré Mehmari, entre os belos projetos de suas carreira individuais, têm um duo no qual apresentam músicas especialmente escolhidas e arranjadas para esta formação. E esta parceria e amizade musical está no show de voz e piano que apresentam no Theatro NET RIO, no dia 19 de julho, terça.

Mônica e André se conheceram em 2001. Tocaram juntos e gostaram do resultado, que gerou algumas pérolas já gravadas: André gravou com a Mônica o CD “Nem 1 Ai” (2009) e Mônica já participou dos CDs “Lachrimae” (2003) e “Canteiros” ( 2011) de André. O resultado desta parceria excepcional nasce de uma grande identificação musical entre eles, muito autoral e muito livre. “É amizade musical”, define Mônica. “Quando existe afinidade, o encontro vira diálogo. É como quando encontramos um amigo: sempre tem assunto para conversar, para fazer música”, acrescenta.

No show, clássicos da nossa MPB ganham roupagem jazz-camerística mas cheia de alegria e humor, surpreendentes nesta formação tradicional. No repertório  “Camisa Amarela” (Ary Barroso), “Acaçá” (Dorival Caymmi), “Milagre” (Dorival Caymmi), “Senhorinha” (Guinga/Paulo C. Pinheiro), “Doce na Feira” (Jair do Cavaquinho), “Pra que Discutir com Madame” (Janet Almeida/Haroldo Barbosa), “Insensatez” (Tom Jobim/Vinicius de Moraes) fazem par com a contemporaneidade de “Pés no Chão” (Mario Laginha/Maria João), “Tentar Dormir” (André Mehmari/Luiz Tatit) e “Baião de Quatro Toques” (José Miguel Wisnik).

Mônica ainda se revela uma adorável contadora de “causos” e Mehmari tem a oportunidade de mostrar suas composições e seu virtuosismo. O show mostra com clareza porque estes dois jovens são referências em seus respectivos trabalhos e sua importância no cenário musical brasileiro.

Mehmari & Salmaso (foto: Myruam Villas Boas)
Mehmari & Salmaso (foto: Myruam Villas Boas)

Música , Diversidade e Respeito
De um lado, uma cantora rigorosa, de técnica impecável, precisa, “quase religiosa”, como ela mesma se define. Do outro, um pianista virtuoso, inventivo, imprevisível. O que, à primeira vista, parece uma receita de pouca química torna-se, na verdade, um espetáculo nobre. Após assistir ao duo de piano e voz entre Mônica Salmaso e André Mehmari, deixei o Theatro NET SP com a certeza de ter visto não mais um show de música, mas um show de músicos, uma amostra da dita “beleza da diversidade” e um exemplo de que o respeito não só é preciso, mas também possível.

Ao conciliar estilos tão diferentes entre si, Mônica e Mehmari revelaram uma capacidade rara nos dias de hoje: a de compreender o outro. O brilho de ambos depende do entendimento recíproco, do diálogo, da troca, do saber ceder, da confiança na capacidade e na intuição de cada um. Como dividir a frase musical? Quanto alongar as notas? Quando improvisar? Sem conhecimento e respeito mútuo, os músicos jamais conseguiriam apresentar um espetáculo afinado, com o melhor desempenho possível de canto e instrumento. Mas eles conseguem. E ainda harmonizam suas particulares linguagens com um repertório também bastante diverso.

Do mais clássico dos baianos, Dorival Caymmi, ao expoente da vanguarda paulista, Luiz Tatit; do venezuelano Simón Díaz à chilena Violeta Parra; daSenhorinha de Guinga e Paulo César Pinheiro à Sinhá de Chico Buarque e João Bosco: Mônica e Mehmari entendem-se tão bem entre si quanto compreendem o cancioneiro popular, sua poesia, sua espontaneidade, sua história, suas raízes e sua sofisticação. Essa noção profunda que concilia um repertório diverso manifesta imenso respeito pela nossa miscigenada cultura e prova como o mergulho nas diferenças é, na verdade, um respiro, uma inspiração.

A força do espetáculo de Mônica Salmaso e André Mehmari concentra-se no que os distingue, nas suas particularidades; a força que os une, na empatia, na alteridade, no cuidado. Cuidado um pelo outro, pela música, os compositores, o público. Quando conquistaram a plateia do aconchegante Theatro NET SP com seu duo, os artistas mostraram, na prática, como a música, a diversidade e o respeito andam juntos. E o quanto essa união tem a oferecer à arte – e a ensinar à vida.

Fabio Congiu

SERVIÇO:

Show:  Mônica Salmaso e André Mehmari – voz e piano

Dia:  19 de julho, terça

Local:  Theatro NET RIO (Rua Siqueira Campos, 143 – Copacabana-Tel.: 21 2147-8060)

Horário: 21h

Preço:  Plateia Central e Frisas: R$ 120,00 | Balcão: R$ 90,00

Bilheteria:  de 2ª  a domingo, das 10 às 22h, inclusive feriados


Pagamentos:  todos os cartões de crédito, débito, vale cultura nas bandeiras (Alelo & Ticket) e dinheiro. Não aceitam cheques.


Vendas pela internet:  através do site: www.ingressorapido.com.br  ou pelo aplicativo da ingresso rápido

Classificação: 12 anos

Duração:  60 min

DEIXE UM COMENTÁRIO