Mateu Velasco apresenta Nômade na Galeria Movimento

Há três anos sem expor no Brasil, artista exibe 14 obras inéditas e lança seu primeiro livro

Mateu Velasco - Fluxo - 80 x 100 cm
Mateu Velasco - Fluxo - 80 x 100 cm

Há três anos Mateu Velasco não expõe no Brasil. Neste período, ele esteve de mudança. Só de casa foram 12, com diversas idas e vindas a trabalho entre cidades no Brasil e nos Estados Unidos. Instalado novamente no Rio, o artista multimídia mostra ao público suas memórias, lembranças e sensações na exposição Nômade, a partir de 06 de setembro, na Galeria Movimento, em Copacabana.

Na mostra, Mateu Velasco apresenta 14 obras inéditas, com dimensões que variam de 60 x 80 a 1,60 x 1,40, produzidas em técnica mista, com tinta acrílica, verniz e lápis de cor sobre tela ou madeira. “Em Nômade, não pretendo representar só as mudanças físicas, mas principalmente fazer uma homenagem a todos aqueles que continuam caminhando, seguindo sua trajetória, que se mantém em movimento e são capazes de absorver a cultura e tirar o melhor do lugar em que estão”, explica. O artista também promete uma instalação surpresa, onde vai misturar objetos garimpados e memórias afetivas destes últimos anos.

Mateu Velasco - Chuva - 50 x 70 cm
Mateu Velasco – Chuva – 50 x 70 cm

No texto de apresentação para a exposição, o também artista Fernando de La Rocque chama atenção para este caráter incansável de Mateu Velasco.  “Ele toma como referência as coisas que cata pela rua e as coisas que vê por aí que despertam nele um forte sentimento de querer guardar. E aquilo que não pode ser catado com as mãos nem guardado, porque é muito grande, ou porque é um ser vivo, ele fotografa ou simplesmente memoriza, depois desenha e digitaliza. Um jogo de dobra e desdobra, como quem arruma e desarruma uma mala.  Nesses compartimentos estão as coisas que ele gosta de lembrar, que o fazem sentir em casa, estando no Rio, ou em Los Angeles, ou em pleno voo, ou em qualquer lugar do mundo”.

Ao  completar 15 anos de carreira, o artista foi ainda mais longe e  aproveitou a mostra para fazer uma grande reflexão de sua trajetória. “Pela primeira vez revisitei e refiz alguns trabalhos antigos, que estavam guardados”, conta. Mateu aproveita a noite de abertura da exposição para mais uma novidade. O artista lança seu primeiro livro, também chamado Nômade (Editoria Cícero), com edição assinada e numerada. A obra reúne desenhos novos e antigos que, em parte, resultaram nos trabalhos expostos.

Mateu Velasco - fiel trip - 80 x 100 cm
Mateu Velasco – fiel trip – 80 x 100 cm

Sobre o artista – Formado em 2003 em Desenho Industrial pela PUC-Rio e mestre em Design Gráfico pela mesma universidade, trabalhou como colaborador do curso de Comunicação Visual por seis anos. Mateu tem em sua formação cursos de gravura, ilustração, caligrafia experimental e computação gráfica. Fez residência artística na Hungria, em 2012, e desenvolveu uma linguagem própria como artista visual, que pode ser encontrada em muros e galerias de São Paulo, Rio de Janeiro, Tóquio, Los Angeles, Nova York e Paris, entre outras cidades pelo mundo.

O cruzamento da linguagem gráfica da street art com o mundo da publicidade comercial ampliou o trabalho de Mateu Velasco para diferentes segmentos: estamparia, murais, impressos e direção de arte, tendo clientes como Coca-Cola, Nike, Converse, Rede Globo e Jansport, entre outros.

Sobre a Galeria Movimento – Fundada em 2007, a galeria de 140 m2, em Copacabana, trabalha com artistas emergentes que se expressam através das mais diversas linguagens, consolidando seus nomes na arte brasileira. Procura realizar exposições, sempre com curadores atuantes, dando suporte à criatividade de seus artistas. Foi pioneira no trabalho com a street art, que hoje é uma tendência real e contemporânea. O objetivo da Movimento é trazer a arte para um público maior, atingindo olhares de pessoas que procuram por algo diferente.

 À frente da galeria está Ricardo Kimaid Jr, no mercado desde 1998, sendo a terceira geração de galeristas de sua família, além de atuar como marchand e consultor de arte.

Serviço – Nômade, por Mateu Velasco
Abertura: 06 de setembro, das 19h às 22h
Local: Galeria Movimento – Av. Atlântica, 4.240, lojas 212 e 213, Copacabana. Tel: 2267-5859
Período da exposição: 08 de setembro a 01 de outubro de 2016
Horário de visitação: Segunda a sexta-feira, das 10h às 19h30. Sábados, das 12h às 18h.
Entrada gratuita

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui