Mariza Sorriso lança novo show

Inspirada nos 100 anos do samba, artista apresenta grandes clássicos do gênero musical

Mariza Sorriso (Foto: Ronaldo Mattos)
Mariza Sorriso (Foto: Ronaldo Mattos)

Os últimos meses têm sido agitados para a cantora, escritora e poeta Mariza Sorriso que está se preparando para lançar seu novo show intitulado “A SORRIR – 100 ANOS DE SAMBA”. O repertório é composto de grandes clássicos e textos que contam um pouco da história do ritmo que se tornou Patrimônio Cultural do Brasil e Patrimônio Imaterial da Humanidade.

Segundo Mariza, parte da inspiração para a apresentação veio do bamba Nelson Sargento, quem a lançou no meio artístico e dividiu o palco com ela durante 10 anos. Além dele, outros baluartes da música e o próprio centenário do samba pesaram na escolha do tema.

No show, com duração de 80 minutos, estão presentes variados tipos do gênero, como, por exemplo, o amaxixado, o de breque, o carnavalesco entre outros. Entre os clássicos de sucesso, estão Aquarela Brasileira (Silas), O Sol Nascerá (Cartola e Elton Medeiros), Juízo Final (Nelson Cavaquinho e Élcio Soares), Feitiço da Vila (Noel Rosa e Vadico 1934), Alguém me Avisou (D. Ivone Lara) e Agoniza Mais não Morre (Nelson Sargento).

– Quero levar ao público não somente diversão e arte, mas também cultura, trazendo um pouco da trajetória da música atrelada a fatos históricos – ressalta.

O espetáculo conta mais uma vez com a parceria e direção musical do violonista Fábio Pereira, e com Rafael Nogueira (cavaquinho), Gabriel Buzunga e Gonzaguinha (percussão). Eles acompanham a cantora há quase cinco anos. Mariza Sorriso é quem assina o roteiro e a produção.

Sobre Mariza Sorriso:
Cantora, compositora, poeta e atriz, Mariza é petropolitana radicada no Rio de Janeiro desde 1985. Começou a cantar aos 8 anos de idade em um Circo, sob o júri do temível José Fernades, mas aos 4 subiu ao palco pela primeira vez para declamar versos.

Nelson Sargento da Mangueira lhe apresentou a noite carioca em agosto de 1987 e a seu lado fez diversos shows até 1997. Foi premiada melhor intérprete por três vezes, no VII FEMI – Festival de Música de Itaipava, no –FMA – Festival de Música de Areal/RJ, e no FESTI ABANERJ/RJ.

Produziu e estreou os shows:  Fio de Luz – Teatro Desculpe eu Sou Chique – Laranjeiras/RJ (de 2007 até 2009); Rio de Todas as Cores, Botafogo/RJ (de 2011 até 2013); Mariza Sorriso – de Mulher pra Mulher – Eco Som/RJ (2013); Na Flor da Paixão – Otto Music Hall – RJ (2014); A Festa dos Gatos – Solar das Paineiras – Botafogo/RJ (2015); Mundo Pop Mundo Rock – com o músico Cassidy – Panorama –Leblon-RJ (2015/2016).

Fanpage: https://www.facebook.com/marizasorrisooficial

DEIXE UM COMENTÁRIO