Marcos Sobrinho leva sua Carmen Miranda à Zona Leste

A Casa de Cultura de São Mateus recebe, neste domingo (10/4), às 15h, o espetáculo “Um poema para Carmen”, solo do bailarino Marcos Sobrinhosobre o universo de Carmen Miranda (1909-1955). A entrada é gratuita.

Pautada por experimentações no campo da dança, das artes visuais e da música, a performance estimula uma reflexão sobre os estereótipos e arquétipos que envolvem o imaginário popular a respeito desta artista-mito, um ícone da cultura brasileira, que conquistou sucesso internacional e estabeleceu, nas representações contidas em sua imagem, músicas e performance, relações com a identidade nacional. “Apesar de ser uma cantora, quando falamos em Carmen Miranda, nossa memória nos remete primeiro a sua imagem emblemática; lembramos dos figurinos e dos símbolos presentes em seu trabalho”, ressalta o bailarino.

Marcos Sobrinho parte de um objeto – o figurino que se transforma em cenário – para explorar a relação entre visual e movimento. Não por acaso, as células coreográficas nascem a partir da dificuldade que o próprio figurino impõe. “Carmen conquistou o mundo com seu modo de expressão singular que logo a fixou numa idéia de brasilidade – quase um clichê do que é ser brasileiro -, da qual não pôde mais escapar, e o trabalho traduz um pouco disso também”, revela Marcos Sobrinho.

A trilha sonora traz músicas originais reproduzidas na voz da cantora e outras interpretadas ao vivo pelo próprio Marcos Sobrinho na companhia dos músicos Luiz Cláudio Sousa, Edson Silva e Franck Oberson, em uma releitura jazzística.

A apresentação é parte de projeto contemplado pelo 19º edital do Programa de Fomento à Dança.

Serviço:Um poema para Carmen”, com Núcleo de Dança e Performance Marcos Sobrinho

Dia 10/04 (domingo, às 15h)

Casa de Cultura de São Matheus (R. José Francisco dos Santos, 502 – Jardim Tiete (11) 2729-5137)

Ingressos: gratuito

FICHA TÉCNICA

Concepção, Dramaturgia e Performance – Marcos Sobrinho
Músicos – Luiz Cláudio Sousa, Edson Silva e Franck Oberson 
Intervenções Dramatúrgicas – Talita Alcalá Vinagre
Figurino – Tereza Monteiro
Criação e Operação de Luz – Rafael Petri
Design de Som e Vídeo –Téo Ponciani
Produção Executiva – Rafael Petri
Direção Geral – Marcos Sobrinho 

Marcos Sobrinho – Núcleo de Dança e Performance
Sergipano de Aracaju, Marcos Sobrinho estudou na Escola de Ballet Clássico Maria Olenewa (Rio de Janeiro-RJ) e na Ècole de Danse du Marais (Paris/França). Teve sua formação em Dança Contemporânea na Folkwang Schule, em Essen, e na Die Werkstatte Düsseldorf, ambas na Alemanha. Graduado em Artes Cênicas pela UniverCidade no Rio de Janeiro-RJ é instrutor de Pilates com formação no CGPA (Centro de Ginástica Postural Angélica) e no Espaço de Dança Ruth Rachou.

DEIXE UM COMENTÁRIO