Márcia Nascimento lança o CD “Oito Temas +” na Casa da Gávea

foto: Patrícia Ferraz
foto: Patrícia Ferraz

Márcia Nascimento, violonista e cantora, chega ao seu segundo CD autoral, “Oito temas +”, mantendo a pegada que a mantém  na estrada desde 1984, quando se iniciou com o grupo Sempre Livre tocando guitarra, violão e nos vocais. O show de lançamento será na sexta-feira, dia 20 de maio, às 21 horas, na Casa da Gávea. No set, os temas instrumentais serão intercalados por canções pinçadas do repertório de Sueli Costa, Itamar Assunção, Cazuza, Lucina e Zeca Afonso entre outros.

“O CD “Oito Temas +” começa em 2014”, ela conta, “quando, um mês depois de receber o CD “Oito Temas”, a Luhli, por conta própria, escreveu a viola caipira.” Para Luhli, “Entre Márcia e o violão rola um caso antigo. Quando toca, o que se escuta tem a força do abraço, um abraço que nunca é o mesmo, no entanto é sempre o mesmo abraço.”

No final de 2015, Márcia estava tocando e seu ex-professor de guitarra , Isidoro Kutner (que fará uma participação especial no show) foi ouvir e ela fez o convite para ele tocar uma guitarra no CD. “Aí, a Lucina ouviu a viola e a guitarra e aceitou o convite para fazer um vocalize no tema que escrevi para ela”, lembra, “Depois  da gravação da voz da Lucina, me deu o estalo e cada faixa pareceu combinar com outras musicistas amigas.”

Fez os convites, e todos foram aceitos. “Mary Fê foi minha aluna de violão e depois montamos um duo de trip-hop.  Júlia Borges é amiga, dona de uma voz emocionante e sua voz soprano faria um bonito contraste com o outro vocalize, o contralto da Lucina. Flávia Torga, conheci na lida com a música… Convidei o Gabriel Thomaz, embora não o conhecesse, porque a sonoridade da guitarra dele é muito interessante, para além do fato dele ser um artistas independente de outra geração. o resultado desse encontro me deixou muito contente.”

E assim, de afeto em afeto – ela conta que sempre escreve temas paras as pessoas… – , Márcia Nascimento construiu em cima de seu próprio repertório uma leitura acrescida pela vivência que inclui passagens por Portugal, na Bélgica e França, até o retorno ao Brasil em 2004. “Hoje”, avalia, “quando escuto tenho a sensação que cada participação estava lá, dentro do tema desde o começo. E meus convidados foram incrivelmente sensíveis  ao escutar o tema original” Como diz o professor Leonardo Davino, “Ao final da escuta fica a certeza de que, venha de onde vier, a inspiração sempre encontrará Márcia Nascimento trabalhando em seu exercício de liberdade.”

Casa Gávea – Pça Santos Dumont, 116 – sobrado
Tel 2239-3511
Ingressos: R$ 30,00 e R$ 15,00
Sexta-feira, dia 20 de maio, 21h