Manual esclarece as principais dúvidas sobre o transtorno do espectro autista

Autor de “O reizinho da casa”, “Manual antibullying” e “Desatentos e hiperativos”, Gustavo Teixeira auxilia pais, professores e outros profissionais a avaliarem e incentivarem o desenvolvimento de crianças com autismo

A idade média do diagnóstico de autismo no Brasil é oito anos. Cinco anos mais tarde do que nos Estados Unidos. O ideal na verdade é que o transtorno seja identificado antes dos dois anos para que as possibilidades de desenvolvimento da criança sejam maiores. É a chamada “janela de oportunidade”. Estas e outras questões são explicadas por Gustavo Teixeira no livro “Manual do autismo”, que chega às livrarias neste mês de fevereiro pela Editora Best-Seller. Autor de “O reizinho da casa”, “Manual antibullying” e “Desatentos e hiperativos”, o médico e educador volta agora sua atenção para um transtorno que atinge cerca de 600.000 jovens brasileiros e é considerado um problema de saúde pública no mundo.

  Teixeira explica que existem marcos evolutivos importantes que precisam ser respeitados e conhecidos pelos pais.  Ele afirma que apesar de não ser raro o fato de familiares ouvirem de pediatras comentários como ‘Ele tem o tempo dele, ele é mais lento’, a presença de sinais de atraso no desenvolvimento de uma criança precisa ser cuidadosamente avaliada para que ela tenha um tratamento precoce.

  Com o intuito de ajudar os pais nesse processo, o autor apresenta uma série de métodos para avaliar a evolução da criança e indica também as responsabilidades dos familiares, psicólogos, professores e mediadores educacionais.

“O mediador deve ser treinado para documentar diariamente a evolução do estudante. Assim, pais, psicólogo comportamental e escola podem trabalhar juntos para identificar comportamentos e situações problemáticas e realizar adaptações, mudanças de suporte e auxiliar na evolução acadêmica e comportamental da criança ou adolescente”, afirma.

“Manual do autismo” é um guia fundamental para compreender o que  é o  transtorno, qual é a sua origem e como ele deve ser tratado.

Gustavo Teixeira é Mestre em Educação pela Framingham State University e membro da American Academy of Child and Adolescent Psychiatry. Viaja o mundo dando palestras sobre inclusão e educação especial.

Ficha técnica

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui