Luis Carlinhos de volta ao palco do Miranda

Pouco mais de uma ano depois do lançamento, o cantor retorna à casa de espetáculos carioca, dia 9 de julho, para encerrar a turnê do CD e DVD “Gentes, 20 anos ao vivo”

Lançado em 2014 pela Sony Music, o show do CD e DVD de 20 anos de carreira do cantor e compositor Luis Carlinhos reuni músicas das várias fases de sua carreira, indo desde os clássicos do Dread Lion, sua extinta banda de reggae (Oh! ChuvaChame-chame e Lado B), passando pelos seus álbuns solos (Escapulário, Carcaça, Solto Pelo ar e Toró), até as canções mais recentes Chão no Pé de pegada rock, e Me Cura, um reggae-pop.

Com uma formação simples, Luis Carlinhos e banda soam enxutos e grandes ao mesmo tempo: João Hermeto com um set híbrido, mistura peças de percussão e bateria; Arthur de Palla, jovem baixista, é responsável pelas frequências graves. João Gaspar, guitarrista, traz seus rifles melódicos e cheios de texturas.

Além do repertório gravado no álbum comemorativo, e uma versão para Soul shake down party do Bob Marley, o show também traz novidades que estarão no seu próximo álbum a ser gravado no início do segundo semestre, como Facebook is on the table, uma recente parceria do músico com o Mauricio Baia e Gustavo Macacko, e uma versão para Graziela de Edu Krieger, ambas interpretadas de voz e violão num momento mais intimista.

“Gentes, 20 anos ao vivo”, é daquelas raras ocasiões para se conferir um grande artista em ação. Mais que um show, trata-se de uma apresentação performática, animada e eletrizante.  Dono de uma bela voz, Luis Carlinhos cativa o público com seu carisma e espontaneidade no palco.

Luis Carlinhos
Luis Carlinhos lançou dois CD’s com a banda de reggae Dread Lion: “Porque não paz?” (1997) e “Já é” (2001). Nesse período, a banda excursionou pelas pelo Brasil e se apresentou ao lado de artistas do gênero como The Wailers, Pato Banton, Yellowman e Maxi Priest, e em festivais nacionais de grande porte. “Oh! Chuva”, música de suan autoria, contou com a participação de Geraldo Azevedo, e foi mais tarde regravada pelo grupo FalaMansa, se tornando um sucesso nacional. 

Em 2005, com o CD “Rapa da Panela”, produzido em seu estúdio caseiro, o Cascudaria, Luis Carlinhos faz a sua estreia solo. O cantor compôs 10 das 11 canções e reuniu um time de primeira linha, como Zé Nogueira (sax), Zé Paulo Becker (violão), Donatinho e Paulo Calazans (pianos), dentre outros. O CD foi indicado na categoria “Melhor Disco de MPB” no Prêmio Claro de Música Independente de 2006.

Ao lado de Gabriel Moura, Baia e Rogê, parceiros de geração, formou em 2004 o grupo 4 Cabeça. O show, de canções autorais em formato “voz e violão”, passou por importantes palcos do país.  Em 2010, o quarteto lançou o seu primeiro disco, que foi vencedor no 21º Prêmio da Música Brasileira, na categoria “Melhor Grupo de MPB”.

Também conhecido pelo grande público brasileiro como “Samambaia”, por suas participações no torneio Rock Gol da MTV, durante oito anos Luis Carlinhos foi destaque como músico/ator, no espetáculo, sucesso de bilheteria “Cócegas”, com as atrizes Heloisa Perissé e Ingrid Guimarães e que passou pelas principais casas de espetáculo do país e Portugal.

Em junho de 2009, lançou seu segundo CD, “Muda”, que veio com uma sonoridade bastante particular, em parte pela presença da guitarra barítono do Walter Villaça, das percussões do Siri e das texturas de teclado do Sacha Amback.

Completando 20 anos de carreira, no fim de 2013, Luis Carlinhos gravou o seu primeiro DVD, intitulado “Gentes 20 Anos ao Vivo”. O projeto que saiu também em formato de CD, aconteceu na Casa Canoa Verde (RJ), e teve a direção geral do músico Shilon Ziegel e a direção de vídeo do Bruno Murtinho. Com uma banda enxuta, formada por João Hermeto (bateria e pecussão), João Gaspar (guitarra) e Maurício Oliveira (baixo e vocais), Luis Carlinhos regravou os seus principais sucessos, incluindo Oh! Chuva, e três músicas inéditas. Uma delas abre o DVD, Me Cura, parceria com Alvinho Lancellotti da banda Fino Coletivo. Num momento mais acústico e delicado do show, a cantora Tais Alvarenga participa em Lado B, e o trompetista Dudu Santana em Já Valeu. “Gentes 20 Anos ao Vivo”, que foi 60% viabilizado pelo site de financiamento coletivo Embolacha, é distribuído pela Sony Music.

Luis Carlinhos, além de músico, é formado em Ciências Sociais (2002) e em Artes Cênicas pela PUC-Rio (2012). Na universidade, o músico e ator faz a curadoria e apresenta o Intervalo Cultural, projeto de shows que acontece no Anfiteatro Junito Brandão e que já recebeu nomes como Frejat, Ana Cãnas, Alice Caymmi, Rodrigo Shá, Brothers of Brazil, entre outros.

Em 2014, no período de Copa do Mundo, Luis Carlinhos excursionou com o show de “voz + violão por países da Europa, como Irlanda e Itália, convidado pelos festivais de música Youbloom e Espírito Mundo.

Serviço:

Palco Aberto apresenta

Luis Carlinhos no show “Gentes, 20 anos ao vivo”
Data: 9 de julho (quinta), às 21h
Local: Miranda
Endereço: Avenida Borges de Medeiros, 1424 – Piso 2 – Lagoa * (21) 2239-0305
Valor do ingresso: R$ 30,00
Classificação indicativa: 12 anos

www.luiscarlinhos.com.br

https://www.facebook.com/LuisCarlinhos?fref=ts

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui