Lóve – Espetáculo de Clown se apresenta na Penha com entrada franca

Lóve (foto: Jorge Mariano)

Após se apresentar na cidade de Niterói e no Festival de Teatro de Curitiba, a comédia ‘Lóve‘ segue a temporada de circulação pelas Arenas Culturais da Prefeitura do Rio, neste mês de maio, passando pela Penha (21 e 22 de maio) e Pedra de Guaratiba (27 e 28 de maio). Nas duas primeiras localidades as sessões serão acessíveis com sistema de audiodescrição para deficientes visuais. Haverá também oficina de palhaçaria em cada unidade.

Em Lóve, a Palhaça Valquíria Mascarenhas (Fernanda Paixão) se prepara para um encontro romântico com o amor de sua vida. Valquíria se arruma e cria uma atmosfera de amor perfeita e espera o ser amado chegar. Os clichês amorosos ficam expostos ao longo do espetáculo e colocados constantemente em questão, os afetos humanos são revelados através da perspectiva da palhaça.

O solo é desenvolvido em uma sequência de ações que tem como âncora a música e o movimento, a cena é parcialmente muda, com palavras pronunciadas em momentos pontuais. Diversos escritos foram inspiradores desta criação, mas a principal referência é o livro “Fragmentos de um discurso amoroso”, de Roland Barthes.  “Com esse espetáculo, eu supero vários tipos de expectativas frustradas, não só na relação a dois, mas as expectativas da vida de uma forma geral. A gente tá sempre esperando alguma coisa, eu estou tentando esperar menos” destaca Fernanda, que além do livro, buscou em letras de músicas outros estímulos para a criação.

A comicidade surge a partir de uma das principais características da linguagem do palhaço: o ridículo – arquétipo que tem como princípio ‘rir de si mesmo’, transformando o erro em acerto, a dor em riso e a queda em humanização. A direção é de Karla Concá, palhaça e cofundadora do grupo ‘As Marias da Graça’.

Este projeto foi patrocinado pela Secretaria Municipal de Cultura.

OFICINA – ONDE EU BOTEI O MEU NARIZ ?
Karla Concá, uma das integrantes do grupo ‘As Marias da Graça’, irá ministrar a oficina ‘Onde eu botei o meu nariz?’ em cada arena culturalA aula gratuita é indicada para atores, atrizes, circenses, palhaças/os e pessoas de todas as áreas com idade a partir de 16 anos. Para se inscrever basta preencher a ficha de inscrição disponível em cada unidade. Através da técnica do ‘nariz vermelho’ os participantes vão exercitar o lúdico, o poético, o criativo, a espontaneidade, a concentração, a imaginação, a relação com o outro, o bom humor, entre tantas possibilidades de ser dentro do universo do palhaço.

SERVIÇO OFICINA
Duração: 4h 
Capacidade máxima: 12 alunos 
Classificação etária: 16 anos 
Inscrições: ficha de inscrição disponível em cada arena 
Público alvo: jovens e adultos interessados na arte da palhaçaria. 
Ministradora: Karla Concá – Diretora do espetáculo Lóve
Datas: (vide programação abaixo) 

LÓVE – PROGRAMAÇÃO:

MAIO

ARENA CARIOCA DICRÓ – CARLOS ROBERTO DE OLIVEIRA:

Endereço: Parque Ari Barroso, s/nº. Penha –

Datas: 21 (sábado) sessão às 20h; e 22 (domingo) sessão às 19h

Telefone: (21) 3486-7643

Capacidade: 338 lugares

Classificação: 14 anos

Entrada franca

Duração: 50 minutos

*Audiodescrição
*Oficina:
22|05 às 14h

 

 

ARENA CARIOCA ABELARDO BARBOSA – CHACRINHA

Endereço: Rua Soldado Eliseu Hipólito, s/nº. Pedra de Guaratiba.

Data: 27 (sexta) e 28(sábado)

Horários: sessão às 19h.

Telefone: (21) 3404-7980

Capacidade: 330 lugares

Classificação: 14 anos

Entrada: Franca

*Oficina: 27|05 às 14h

 

FICHA TÉCNICA

 

Direção: Karla Concá

Atuação: Fernanda Paixão (palhaça Valquíria Mascarenhas)

Direção de Arte: Raísa Curty

Colaboradora de Criação: Aline De Oliveira

Roteiro: Fernanda Paixão e Karla Concá

Iluminação: Samitri Bará

Operação de Luz: Samitri Bará 

Montagem de Luz: Leandro Santiago

Operação de som: Nívea Santana 

Pesquisa de som e música: Fernanda Paixão

Edição de som: Augusto Feres (Transbordo Discos)

Apoio: Transbordo Discos, Sabino Fotografia, Casa Gira Mundo

Produção: Pagu Produções Culturais

Assessoria de Imprensa: Aquela que Divulga

DEIXE UM COMENTÁRIO