Livro recupera fatos do Brasil colônia, Império e República com humor, erudição e uma dose de polêmica

Em novos ensaios, Vasco Mariz reúne ensaios sobre presença francesa no Brasil, colonização ibérica e demarcação de fronteiras amazônicas

Diplomata com extensa carreira e historiador de coração, Vasco Mariz pesquisa e investiga fatos do passado em busca de respostas, trilhando muitas vezes métodos muito distintos da historiografia tradicional. Com erudição, humor e uma boa dose de polêmica, Pelos caminhos da História apresenta ligações inusitadas entre países e culturas desde a época da colônia até a primeira República no Brasil, como as guerras religiosas na França e sua repercussão por aqui, a atuação de jesuítas italianos matemáticos e astrônomos na demarcação das fronteiras da Amazônia, a potencial guerra entre Brasil e Argentina, protagonizada pelo barão do Rio Branco, a participação dos filhos da princesa Isabel e do conde d’Eu na primeira guerra mundial, e a devoção italiana a Anita Garibaldi.

O livro é organizado em 18 ensaios, parte deles dedicados a um dos temas favoritos de Vasco Mariz: a presença francesa no Brasil. O livro se debruça sobre casos particulares – que envolvem personagens, como D. Pedro II, Carlota Joaquina, Américo Vespucci e até o compositor alemão Richard Wagner – para restaurar imagens vívidas da história do Brasil e convidar o leitor a repensar temas tais como o Tratato de Tordesilhas, as fronteiras amazônicas, a colonização ibérica nas Américas, entre outros.

Uma das polêmicas teses defendidas pelo autor, por exemplo, é a de que não haveria razões para celebrar a colonização ibérica, devido a seus excessos e violência; o mesmo, no entanto, não valeria para o descobrimento. Alguns historiadores, porém, refutariam a tese, dizendo não haver separação entre os dois fatos. No prefácio, o historiador Ronaldo Vainfas cita o lado controverso dos ensaios de Mariz e pergunta: “Pelos caminhos da História — ou ‘pelos descaminhos’ dela — é um livro politicamente incorreto? Claro que sim, diria mesmo que é incorretíssimo. Acrescentaria, porém (com rima): ainda bem, amém”.

O livro ainda traz muitas histórias curiosas, divertidas e pouco conhecidas pelo público. Vasco Mariz narra as manobras de Carlota Joaquina, entre 1808 e 1810, para tentar assumir o trono como regente do Império espanhol – ações que acabariam impactando diretamente na independência argentina. Outras anedotas que prometem fazer o leitor rir é a série de correspondências entre diplomatas italianos em trabalho no Brasil durante o primeiro Império e os meandros da escolha de Teresa Cristina como esposa de d. Pedro II.

Vasco Mariz é diplomata de carreira e possui uma extensa pesquisa nas áreas de história e música. Com mais de 50 livros, publicados em seis países, o autor reúne prêmios e tem como um de seus livros mais conhecidos Depois da glória (2012), que inclui ensaios sobre personagens não tão ilustres de Portugal e do Brasil desde o século XVI ao XIX.

PELOS CAMINHOS DA HISTÓRIA
Vasco Mariz
Páginas: 294
Preço: R$ 45,00
Editora: Civilização Brasileira / Grupo Editorial Record

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui