Karina Costa comemora 10 anos no posto de rainha de bateria da Escola de Samba Unidos de Padre Miguel

Em 2016, Karina Costa comemorará 10 anos no posto de rainha de bateria da Escola de Samba Unidos de Padre Miguel. A beldade, que está solteira, relembra como tudo começou e diz que guarda na lembrança o dia que recebeu o convite para estar à frente da bateria.

“Comecei quando eu tinha apenas 14 anos, estava num ensaio de rua, a Unidos era do grupo D e desfilava na Intendente de Magalhães. Eu iria desfilar na ala de passistas, porém o falecido mestre Celso me viu sambando e perguntou se eu queria ser rainha de bateria, eu adorei a ideia, minha mãe deixou e cá estou [risos]”, recorda a rainha.

Karina afirma que estar há 10 anos à frente da bateria da Unidos é algo que “não consegue descrever”. “Estar à frente da bateria é parte da minha vida, minha história. Uma década desfilando… Já sei cada gesto que o mestre faz pra cada paradinha, na minha cabeça é como se eu também conduzisse a bateria. Um amor que não troco por nada e nem por ninguém”, afirma.

A rainha diz que em seu coração não cabe o amor que sente pelo pavilhão da vermelho e branco da Zona Oeste. “O amor que eu sinto pela Unidos é imenso demais, vibro, sofro, choro e dou risada com minha comunidade. Sou completamente apaixonada pela minha escola. Tanto que tatuei o símbolo dela no meu braço esquerdo como prova de amor e lealdade”, completa Karina.

Cuidados com o corpo
Para manter o corpo em forma, Karina não descuida da malhação. “Faço muito exercício aeróbico, muita musculação, tratamentos estéticos e tratamento endocrinológico com meu médico. Sou muito vaidosa”, diz a rainha que ainda conta o segredo para manter o bumbum na nuca. “Bastante repetições com caneleiras e quatro apoios [rios].

Karina Também segura na alimentação e faz uma dieta balanceada sem exageros. “Não ligo para chocolate, não tomo leite e o glúten eu consegui tirar da minha dieta… Gosto de uma comida mais levinha, fui acostumada desde pequena porque meu pai tinha uma fixação por comidas saudáveis e vivia de olho na glicose e colesterol” finaliza.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO