A artista Julia Miranda nasceu em Londres e com poucos meses veio com os pais, o pintor brasileiro Luiz Aquila e a pintora inglesa Liz Miranda, morar no Brasil. Aos quatro anos, voltou para a Inglaterra e de lá para cá divide sua vida entre travessias entre os dois continentes.

Formada em artes plásticas e design na Brighton University, Julia trabalhou 20 anos como diretora de arte na BBC TV e para cinema. Simultaneamente, como artista, expôs em Londres, Munique, Barcelona e Nova York. No Rio, fez sua estreia solo em 2010, no Paço Imperial. Cinco anos depois, a bela e talentosa artista está de volta para uma individual na cidade.

Na próxima quinta-feira (3 de agosto), às 19h, inaugura “Atlântico: Dupla Margem”, na galeria Patricia Costa, no Cassino Atlântico. A mostra reúne 15 obras produzidas nos últimos oito anos, entre acrílica sobre tela, aquarela, pastel, nanquim, carvão e grafite.

A exposição apresenta trabalhos que, assim como Julia, navegam por essas duas margens e falam sobre tempo, memória, acaso e relações humanas.  Na mostra estará presente uma obra que se refere especialmente à dicotomia entre terras-mães, iniciada em Londres e finalizada em Petrópolis, no estudio de seu pai.

A criação se dá em suportes como velhas tábuas de construção, portas, lençóis e papéis de pipa e de embrulho. ‘Gosto de me apropriar da história contida nos materiais usados’ – diz a artista. Numa das séries denominada “Volte Sempre” a artista faz referência ao seu hábito de ir e vir, do Rio a Londres e vice-versa. São
obras realizadas sobre papel de embrulho com a frase Volte Sempre impressa. O papel, em rolo, é tradicionalmente utilizado para embrulhos em padarias e pequeno comércio.

Quando está em Londres, Julia sente falta das longas caminhadas com o pai ao ritmo de conversas sobre arte. “Também sinto saudade do contato humano dos cariocas, da maneira espontânea que se observam, além de coxinha de galinha e quindim. As travessias entre os meus dois lares marcaram minha formação”, admite Julia.

(Clique nas imagens para ampliar)
[justified_image_grid]

Sobre a artista
Julia Miranda é uma artista conceituada e experiente, que além de pintora e desenhista, também cria vídeos e obras gráficas. Participou de diversas exposições coletivas e de mostras individuais importantes na Europa, como “Transgressions”, na George Gallery, em Londres, em 2012; e “Creatures”, no Home From Home Gallery, em Munique.

Julia se formou em design gráfico na Universidade de Brighton. Em Londres trabalhou vinte anos como diretora de arte no canal BBC, com foco em documentários de arte, como por exemplo Art in the National Gallery, Art Store e At the Tate. Em 2005 foi indicada ao prêmio BAFTA – British Arts and Television Awards.

Em 2009 foi convidada por Alexandre Youssef, dono do Studio SP, a criar uma série de cartazes comemorativos aos cinco anos do local, com artistas que passaram por lá, entre eles: Céu, Mallu Magalhães e a banda Cansei de Ser Sexy. O convite foi repetido em 2010, com nova coleção incluindo cartazes da cantora Tiê, Orquestra Imperial e Otto.

Mais informações no site juliamiranda.uk

SERVIÇO

Exposição “Atlântico: Dupla Margem”
Artista: Julia Miranda

Abertura: 3 de setembro (quinta-feira), às 19h
Período: 4 a 19 de setembro.
Local: Galeria Patricia Costa
Av. Atlântica, 4240, loja 226, Shopping Cassino Atlântico, Copacabana.
Telefone: (21) 2227-6929
Visitação: 2ª a 6ª, das 11h às 19h. Sábados, das 12h às 18h.
Entrada franca.

DEIXE UM COMENTÁRIO