Grupo Trigo reposiciona marcas Spoleto e Koni e investe em modelo conteiner para a Domino´s Pizza

Um dos maiores e mais completos gestores do foodservice nacional, o GRUPO TRIGO, formado pelas redes de alimentação Spoleto, Domino’s Pizza e Koni, chega à ABF Franchising Expo 2016 com novos modelos de negócio. Consolidada nacionalmente, com 628 restaurantes das três marcas, a holding investe em 2016 na revitalização e reposicionamento das marcas Spoleto e Koni e em loja contêiner para Domino’s Pizza. 

SPOLETO e KONI: resgate da essência / democratização da boa culinária
Maior rede do Grupo Trigo, o Spoleto dá o pontapé inicial num grande projeto de rebranding, que vai mudar a identidade visual das lojas e buscar a volta de uma culinária mais caseira. O retrofit dos primeiros restaurantes acontece no Rio de Janeiro e é inspirado no modelo da marca nos Estados Unidos, onde já possui duas unidades no estado da Flórida. O objetivo é melhorar a experiência dos consumidores, destacando a essência italiana com a entrada de produtos típicos, num ambiente aconchegante, contemporâneo e dando destaque à cozinha, distanciando-se do padrão fast food.

O primeiro Spoleto com novo layout foi o do shopping Via Parque, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, inaugurado no início de julho e o segundo, no Cantareira Norte Shopping, em São Paulo. O espaço se aproxima ao máximo de uma cozinha italiana caseira, com pista fria de ingredientes com nova exposição e produtos, finalização dos pratos com itens adicionais como presunto de Parma, Azeite de trufas e Vinagre Balsâmico e opões para lanche. Esse modelo será empregado nas novas inaugurações ao longo do ano, com investimento a partir de R$ 430 mil para unidades novas e em torno de R$ 150 mil para conversão das unidades existentes. A estimativa é que nos próximos cinco anos toda a rede esteja de cara nova.

Rede de culinária japonesa, o Koni atualmente opera com três diferentes modelos de negócio: restaurante com salão e atendimento, box (praça de alimentação) e delivery (sem contar com sua atuação em eventos). Ao comemorar uma década no mercado, em dezembro de 2016, a empresa inicia novo posicionamento, modernizando suas unidades e revitalizando produtos e operação. Elementos presentes no DNA da marca, como música e arte, estarão paginados nos pontos de venda e comunicação e o menu ganhará nova versão.

O investimento inicial no Koni gira em torno de R$ 430 mil, referente a uma unidade box de shopping center. A empresa de arquiteturaFingers é quem assina a nova identidade visual de ambas as redes.

 

DOMINO’S PIZZA: loja contêiner é o novo modelo de negócio
Uma novidade pode substituir as lojas de alvenaria e baratear a manutenção de uma franquia de rua da rede Domino’s Pizza no varejo nacional. É a loja-contêiner. A unidade tem as mesmas instalações de uma franquia convencional, só que dentro de uma grande caixa metálica. Neste caso, o investimento inicial para abertura de uma franquia continua sendo de R$ 700 mil a R$ 800 mil. A economia vem, no entanto, da manutenção do aluguel do estabelecimento. Em vez do pagamento do aluguel por uma loja de alvenaria, o contêiner próprio representa economia de R$ 3 mil mensais, já que alugar um terreno vazio é bem mais barato do que alugar um terreno edificado.

Ao longo de 60 meses (cinco anos), a economia do franqueado pode chegar a R$ 180 mil, quase 25% do investimento inicial. Além do impacto positivo na estrutura de custos que esse formato proporciona, o formato de lojas em containers ajuda a atrair o público nos bairros aonde estão instalados pela novidade, e impacto visual que difere dos concorrentes tradicionais. Atualmente a rede conta com quatro unidades com esse modelo de negócio.

Líder em delivery de pizzas no mundo (são mais de 11 mil lojas em 80 países), em 2015 a Domino’s também lançou um aplicativo para pedidos em celular nos sistemas IOS e Android, com o qual registrou aumento de 20% nos pedidos online.

Sobre o TRIGO
Especializado em gestão de food service, o Grupo TRIGO conta atualmente com 358 restaurantes Spoleto, 149 Domino’s Pizza e 113 Koni. Além das três marcas, engloba a rede de delivery japonês Gokoni (7 unidades), o restaurante de culinária japonesa Gurumê, mais distribuidora e fábrica próprias.

Para 2016, a projeção é crescer 11%, ultrapassando R$ 1,100 bilhão de faturamento e 668 unidades. A estimativa é inaugurar mais 46 restaurantes ainda em 2016 –  12 da marca Spoleto; 28 da Domino’s; 5 do Koni, e 1 do Gurumê.

–   Estamos constantemente revisitando e nos questionando se todos os nossos negócios estão alinhados com o nosso propósito, que é a democratização da boa culinária no mundo, e adequado às expectativas atuais de nossos clientes.  Esse compromisso nos impõe o desafio de permanecer com o espírito e a imagem jovens, apesar de estarmos entrando na adolescência como empresa, nesses mais de 15 anos de fundação do Spoleto.

 Nesse contexto, o planejamento para os próximos anos contempla a revitalização das marcas Spoleto e Koni (através de imagem, cardápio renovados e operação dentro dos restaurantes), a implementação de novo modelo de negócio para a Domino’s, aliada ao desafio de fortalecermos também seu e-commerce, e o investimento cada vez maior nas soluções de tecnologia que suportam o sistema Trigo – declara o CEO do Grupo Trigo Antonio Moreira Leite.

DEIXE UM COMENTÁRIO