Inscrições para o 6º Festival Internacional Pequeno Cineasta começam em abril

A partir do dia 20 de abril, quem quiser participar da 6ª edição do Festival Internacional Pequeno Cineasta (FIPC) já pode enviar seus vídeos para a seleção. Criado em 2010, pela atriz e produtora Daniela Gracindo, o FIPC apresenta um panorama da produção audiovisual infantojuvenil do Brasil e do mundo. O projeto tem como objetivo estimular o protagonismo deste segmento, valorizar a autoria de pensamento e garantir o direito de expressão e opinião das crianças e dos adolescentes. A inscrição é gratuita e pode ser feita até 18 de julho pelo site: www.pequenocineastafest.com.br. Em novembro, os filmes selecionados serão exibidos em sessões com entrada franca na sala de cinema do Centro Cultural Banco do Brasil – Rio de Janeiro (CCBB) e avaliados por um júri oficial e pelo público. O 6º Festival Internacional Pequeno Cineasta conta com o patrocínio da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro através da Secretaria Municipal de Cultura, da Escola Parque e da empresa Tecnisan.

Para concorrer, os pequenos cineastas tem que ter entre 8 e 17 anos e produzir um curta de 1 a 10 minutos de duração, de qualquer gênero: ficção, documentário, experimental e animação. A temática também é livre.  O elenco não precisa ser obrigatoriamente formado por crianças ou jovens, mas as obras devem refletir as opiniões e pensamentos das crianças e jovens envolvidos na sua criação. A categoria que o filme concorrerá será definida pela idade do participante mais velho. Educadores, professores e instrutores podem orientar os jovens em assuntos relacionados a suporte técnico, como edição, operação de equipamentos, produção, etc., sem que haja, no entanto, interferência no processo criativo.

As inscrições vão de 30 a abril a 18 de julho. O candidato deverá enviar por e-mail o link para download do curta-metragem com fotos de divulgação e do making of em alta resolução. A Comissão Organizadora do Festival poderá negar inscrição de obras que contenham mensagens violadoras dos direitos humanos ou dos valores constitucionais democráticos. O regulamento completo está disponível no site do Festival Internacional Pequeno Cineasta (FIPC): www.pequenocineastafest.com.br.

Os curtas em competição serão avaliados por um júri composto por dez crianças e jovens com idade entre 8 e 17 anos, que já tenham a experiência na realização de obras audiovisuais. O público também elege o seu preferido nas competitivas nacional e internacional, divididas em duas categorias: de 8 a 12 anos e de 13 a 17 anos.

Paralelamente à mostra oficial, o FIPC promove ainda duas mostras não-competitivas: “Sustente sua História”, que reúne filmes sobre sustentabilidade feitos por crianças de todo o país, exibida no Museu do Meio Ambiente do Jardim Botânico; e uma mostra com os curtas produzidos pelos alunos da “Oficina Pequeno Cineasta”, criada em 2009 por Daniela Gracindo, que já iniciou por volta de 200 crianças e jovens na arte cinematográfica. A oficina também deu origem ao programa de televisão homônimo exibido pelo Canal Brasil.

Em cinco edições, o festival recebeu o total de 672 filmes de 28 países, atingindo um público direto de 6 mil pessoas e, indireto, em torno 2,5 milhões de pessoas. Desde sua criação, o FIPC conta com a presença de renomados profissionais de outros países, possibilitando o intercâmbio de novos saberes e processos de realização.

Além do Patrocínio da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, Escola Parque e da empresa Tecnisan, sexta edição do Festival Internacional Pequeno Cineasta (FIPC) conta com os apoios culturais do Sec Municipal de Educação e Cine Clube nas Escolas; Arena Carioca Dicró e Observatório de Favelas; Bertec, Instituto Cervantes; Instituto Cultural da Dinamarca; Centro Cultural do Banco do Brasil – RJ; Jardim Botânico do RJ e Museu do Meio Ambiente do Rio de Janeiro e Agência Cravo.

SOBRE DANIELA GRACINDO: é atriz e produtora. Com curso superior em cinema pela UNESA, se especializou como produtora executiva em 2002 fazendo MBA pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) – RJ. Viveu na Austrália, onde concluiu o curso de “Film Making From Start to Finish”, na Worker’s Educational Association de Sidney.

Entre vários trabalhos que realizou, destacam-se o documentário de longa-metragem que produziu, em homenagem ao ator Paulo Gracindo, seu avô paterno, intitulado “Paulo Gracindo – O Bem Amado” e o musical “Léo e Bia” de Oswaldo Montenegro para as telas de cinema. Para TV, produziu o programa “Tudo Eu – Mulher e Trabalho” (canal GNT) e o interprograma “Camarim” (Canal Brasil). Em 2010, estreou como diretora teatral com o espetáculo multimídia “Dolores”, de Raquel Maia.

Como atriz, no cinema viveu a personagem Jucilene no filme “For All”, longa-metragem de Luis Carlos Lacerda e Buza Ferraz e, em 2009, fez uma participação especial em “A Hora Marcada” de Marcelo Taranto, ao lado de seu pai, Gracindo Jr. Na TV, seu último trabalho como atriz foi no remake da novela “Escrava Isaura” com a personagem Violeta.

Em 2009, criou o projeto Pequeno Cineasta, pensado e desenvolvido com foco nas crianças e jovens de 8 a 17 anos, procurando estimulá-las a um futuro participativo revelando a experiência vivida por crianças do mundo inteiro de contar histórias através da linguagem audiovisual. O projeto compõe diversas ações, destacando-se a Oficina Pequeno Cineasta e o Festival Internacional Pequeno Cineasta. Em 2015, realizou a 5ª edição do FIPC, formou a 25ª turma da Oficina e lançou a segunda temporada do programa “Pequeno Cineasta”, exibido pelo Canal Brasil.

SERVIÇO:

6º Festival Internacional Pequeno Cineasta

Período de inscrição: 20 de abril a 18 de julho

Endereço para inscrições: www.pequenocineastafest.com.br
Site oficial: www.pequenocineasta.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/pages/Festival-Internacional-Pequeno-Cineasta/124148720995407?ref=hl

Canal Youtube: http://www.youtube.com/user/ThePequenocineasta

DEIXE UM COMENTÁRIO