O boi da cara preta (foto: Janderson Pires)
O boi da cara preta (foto: Janderson Pires)

Com a mesma equipe dos espetáculos consagrados por público e crítica, “O Gato de Botas – O Musical de Walter Daguerre”, “O Boi da Cara Preta de Bárbara Duvivier”, “As Aventuras de Pinóquio” e “O Duende Rumpelstiltskin” de Daniel Porto com mais de 150 mil espectadores e em circulação pelo Brasil, a Cineteatro entende que os contos tradicionais são formas de aproximação das crianças com a família. Por essa razão o Ator e Produtor Alexandre Lino reúne 3 desses trabalhos e convida  O Grupo de contadores de Histórias – O QUE CONTA O SABIÁ para estrear seu mais novo espetáculo trabalho, o infantil “O PULGO E O ELEFANTE” texto de Alexandra Velásquez,  livremente inspirado na obra do poeta mineiro Carlos Drummond de Andrade, na I MOSTRA DE TEATRO INFANTIL PARA TODA A FAMÍLIA – Janeiro de férias no TEATRO GLAUCIO GILL. Um encontro de 4 peças com  qualidade e esmero para a diversão de pais e filhos. A temporada acontece de 09 a 31 de janeiro sempre aos sábados e domingos as 17h no TEATRO GLAÚCIO GIL em Copacabana.

A Mostra (que será anual) pretende estimular a formação de plateia e democratização do acesso à cultura praticando preços populares. A denominação TEATRO PARA FAMÍLIA é uma expressão utilizada na Espanha para o que chamamos no Brasil de Teatro Infantil.  Acreditando que a família desempenha um papel primordial na formação do hábito cultural das crianças, a expressão é perfeitamente adequada para espetáculos que têm a preocupação de falar aos filhos sem esquecer os pais.

A arte precisa estar dentro das horas livres da família. A criança precisa reconhecer o contato com o Teatro como hábito e uma necessidade básica a partir do comportamento dos adultos. Esse cenário exige mudanças nos perfis das produções de arte para a infância, rompendo limites, paradigmas e, especialmente, preconceitos.

A I MOSTRA DE TEATRO INFANTIL PARA TODA A FAMÍLIA   oferece ao público espetáculos com temas pertinentes à família contemporânea, a partir de clássicos da literatura brasileira e universal, de forma responsável, criativa e divertida, utilizando estéticas rústicas, artesanais e dramaturgias com o cuidado e respeito que a criança/família merece. O principal intuito é integrar e divertir toda a família por meio do teatro.

Nos quatros espetáculos da Mostra, que conta com a curadoria do ator e produtor Alexandre Lino, buscamos fazer uma reflexão divertida dos fatos comuns ao universo infantil, começando com a adaptação de “Pinóquio”, a partir dos originais de Carlo Collodi; seguido da versão para o teatro de Bárbara Duvivier, para a clássica canção “O Boi da Cara Preta”; seguimos inspirados pelo poeta Carlos Drummond de Andrade, com ”O Pulgo e o Elefante”, de Alexandra Velásquez; e concluímos, mergulhando no maravilhoso universo dos Irmãos Grimm com o soturno O Duende Rumpelstiltskin. Ambas as peças, são para todas as idades e para toda família como acreditamos que deve ser a Arte.

PROGRAMAÇÃO, SINOPSE e FICHA TÉCNICA DAS PEÇAS:

DIAS 09 e 10 de JANEIRO – SÁBADO E DOMINGO às 17h

AS AVENTURAS DE PINÓQUIO – A peça conta a história e as incríveis aventuras do boneco de madeira que ganha vida e sonha em ser um menino de verdade. Conto que está no imaginário popular desde a sua criação no final do século XIX na Itália e é no Brasil uma das lendas mais contadas para as crianças. O grilo, a fada, a raposa, o peixe cão, e vários outros personagens são lembrados nessa fantasia tão delicada quanto divertida.  Para se manter fiel ao original o autor Daniel Porto (de O Pastor, Acabou o Pó e O Duende Rumpelstiltskin) e o Produtor Alexandre Lino foram à Florença na Itália fazer toda a pesquisa e trazer material para essa montagem. A direção é da ítalo brasileira Carina Casuscelli.

Eleito pelos leitores do Rio Show – O Globo como melhor infantil do primeiro trimestre de 2015.

     Indicação como MELHOR ATOR para Antonio Carlos Feio (Geppeto) no Prêmio Botequim Cultural.

Ficha Técnica: Autor: Daniel Porto, Direção: Carina Causcelli, Com: Antonio Carlos Feio, Luciana Victor, Gabriel Jacques e João Fraga.



DIAS 16 e 17 de JANEIRO – SÁBADO E DOMINGO às 17h

O BOI DA CARA PRETA – A peça conta a história de uma menina (Rosa) que ao ouvir a cantiga do Boi da Cara Preta cantarolada por seu pai, fica muito intrigada e curiosa para conhecer este boi. Filha de Francisco, a menina é órfã de mãe. Tecnológica e com vocabulário moderninho, ela e seu pai vão passar uns dias na fazenda,  o que para  a menina é um programa meio esquisito já que vive num mundo virtual paralelo. Na fazenda conhece Antonio, um garoto de 12 anos que diferente de Rosa adora o campo, o verde, os bichos e adorar brincar de pés descalços.  Durante as férias na fazenda, ela conhece o tal O Boi da Cara Preta com fama de malvado. Este encontro divertido se transforma em grandes surpresas e muita festa.

Veja Rio recomenda entre os melhores infantis.

Indicado ao Prêmio CBTIJ – Melhor Texto e Prêmio Botequim Cultural por Texto e Atriz – Mariana Martins.

Ficha Técnica: Autor: Barbara Duvivier, Direção: Daniel Dias da Silva, Com: Mariana Martins, João Fraga, Leo Campos, Amanda Borghetti e Paulo Roque.


 

DIAS 23 e 24 de JANEIRO – SÁBADO E DOMINGO às 17h

O PULGO e O ELEFANTE – livremente inspirado no livro “História de Dois Amores”, escrito em 1985 pelo poeta Carlos Drummond de Andrade, a montagem do  grupo O QUE CONTA O SABIÁ, leva à cena uma linda história de amizade entre um ELEFANTE e um PULGO, que atravessam desertos, enfrentam inimigos e, por fim, encontram a felicidade no elixir do amor: O Elefante vence sua timidez e se apaixona pela mais bela elefanta africana e o Pulgo  não faz por menos, encontrar sua parceira ideal, a pulga azul. Além desse enredo recheado de poesia do magistral poeta mineiro, o grupo  O QUE CONTA O SABIÁ, criou músicas inéditas que ilustram as ações dos personagens ao longo da encenação. ESTREIA NACIONAL.

Ficha Técnica: Autor: Alexandra Velásquez, Direção: Tom Pires, Com: Alexandra Velásquez, Carolina Laura e Tom Pires. Stand in: Danny Stenzel e Leandro Mariz.


 

DIAS 30 e 31 de JANEIRO – SÁBADO E DOMINGO às 17h

O DUENDE RUMPESLTILTISKIN – A história do Duende que não pode ter seu nome revelado e se aproveita das fragilidades de uma jovem camponesa, aprisionada pelo Rei numa torre para transformar palha em ouro. A peça tem alguns truques de mágica e trilha sonora original tocada no acordeon pelo músico e diretor musical da peça Tibor Fittel.

INDICADO pela Guia Folha de São Paulo como um dos melhores infantis de 2014

Ficha técnica: Autor: Daniel Porto, Direção: Daniel Dias da Silva, Com: Alexandre Lino e Natália Régia.


 

SERVIÇOS DOS ESPETÁCULOS:
Local: Teatro Glaucio Gil, Praça Cardeal Arcoverde, s.nº (Copacabana)
Temporada de 09 a 31 de JANEIRO (sábados e domingos às 17h)
Valor: R$ 30,00 (inteira) R$ 15,00 meia.
Gênero: Infantil
Classificação: LIVRE, indicado para crianças a partir dos 2 anos.
Informações: (21) 2332-7904 ou 7970.
Duração: 50 minutos
Capacidade: 100 lugares
Horário da Bilheteria: Segunda a domingo das 16h às 20h.

Mais informações: www.cineteatroproducoes.com.br

http://www.ingresso.com/rio-de-janeiro/home/local/teatro/teatro-glaucio-gil

DEIXE UM COMENTÁRIO