A história da abolição da escravatura na literatura nacional

Na data que marca o fim da escravidão no Brasil, dicas de leitura podem ajudar a remontar o passo a passo desse processo que culminou com a assinatura da Lei Áurea, há 128 anos

O processo de abolição da escravatura no Brasil foi gradual e começou com a Lei Eusébio de Queirós, assinada em 1850; seguida pela Lei do Ventre Livre, de 1871; a Lei dos Sexagenários, de 1885; e pela Lei Áurea, sancionada em 13/05/1888. Mas essa história, rica em detalhes e diferentes visões, pode ser melhor compreendida com livros que remontam o passo a passo dessa trajetória.

O portal Estante Virtual, que comercializa livros usados e novos, reúne obras que narram a trajetória da abolição no Brasil. Escrito por Emilia Viotti da Costa, “A Abolição” (a partir de R$ 13,90 no site http://www.estantevirtual.com.br/b/emilia-viotti-da-costa/a-abolicao/3231420257?q=Emilia+Viotti+da+Costa) aborda o processo de luta pela abolição da escravidão no Brasil e desmistifica a imagem da abolição como doação da princesa Isabel em 1888 e não como exigência de um sistema de produção.

Outro importante título sobre o tema é “A Abolição da Escravatura”, de Flavio Berutti (na Estante Virtual por R$ 3,90 http://www.estantevirtual.com.br/b/flavio-berutti/a-abolicao-da-escravidao/265108910?q=Flavio+Berutti), que remonta a história da abolição no contexto de um trabalho escolar que conduz os estudantes a uma viagem repleta de descobertas.

Mais uma obra que ajudar a esclarecer os caminhos percorridos até a abolição no País é “A Escravidão no Brasil”, de Jaime Pinski (a partir de R$ 7,00 no portal http://www.estantevirtual.com.br/b/jaime-pinsky/a-escravidao-no-brasil/476403145?q=escravidao). Um texto objetivo e ágil, engajado e muito bem documentado que não deixa de lado questões centrais da história da escravidão no Brasil.

DEIXE UM COMENTÁRIO