Globo leva música instrumental à Praia de Copacabana

Som da Cidade, projeto voltado para valorização de artistas que tocam nas ruas do Rio, reestreia dia 15 de maio

Talentos que estão em cada esquina da cidade com sua música, às vezes no metrô, em estações, praças e com instrumentos variados. O Rio é repleto de musicistas das ruas, que desde 2014 vêm fazendo sucesso no Som da Cidade – projeto da Globo criado para dar visibilidade a artistas que fazem das calçadas o seu palco.

No dia 15 de maio (domingo), terá início a terceira temporada da iniciativa. Para a estreia, o quinteto ‘No Olho da Rua’ levará ao quiosque da emissora, na Praia de Copacabana, a partir das 17h, o melhor do seu samba-jazz, bossa-jazz e música instrumental brasileira. Formada por Eduardo Henrique (piano e teclado), Gustavo Schnaider (bateria e percussão), Nito Lima (violão e guitarra), Paulo Rego (saxofones, flauta e clarinete) e Rodrigo Ferreira (contrabaixo e baixo elétrico), a banda existe desde 1997 e já lançou seis CDs e um DVD.

Tocando inicialmente nas ruas da Zona Sul, o grupo expandiu seus shows para as ruas do Centro da cidade, além de lonas culturais, e já participou de grandes apresentações, como o Réveillon de Copacabana. Para o Som da Cidade, levarão versões vibrantes de Carlos Lyra, Vinicius de Moraes, Tom Jobim, Baden Powell, entre outros.

Nas duas primeiras temporadas, o Som da Cidade apresentou 29 instrumentistas no quiosque da Globo e em edições especiais itinerantes que passaram por coretos e estações de trem. Em 2015, o projeto também contou com duas semanas temáticas voltadas apenas para os ritmos blues e jazz.

Serviço:
Atração: ‘No Olho da Rua’
Data: 15 de maio (domingo)
Horário: 17h
Local: Quiosque da Globo – Praia de Copacabana (altura da Rua Miguel Lemos)
Classificação livre 

Crédito da Foto: Felipe Abrahão

 

DEIXE UM COMENTÁRIO