A Serra da Cantareira na cidade de Mairiporã é um abrigo de música e músicos, especialmente da música folk brasileira. O clima da mata e da vida simples do interior combinam com esse estilo de música. O Festival Folk na Serra foi idealizado pelo cantor e compositor Renato Teixeira e acontecerá no dia 15 de junho, noite de quarta-feira, no complexo O Velhão. Os ingressos esgotaram rapidamente assim que foram disponibilizados, porém pelos canais do festival ainda é possível participar de sorteio que valem ingressos para conferir o evento.

Segundo Renato Teixeira, a palavra cantareira vem de cântaros, pois aqui temos muita água brotando das pedras, mas serve também para dizer que aqui também cantamos muito. Essa vocação musical da Serra da Cantareira vem de longa data, mais de 40 anos. Elis Regina morou na Serra; Renato Teixeira, Sérgio Reis, Zé Geraldo e Almir Sater vivem na região há mais de 30 anos. Músicas como “Tocando em Frente” (Almir Sater),  clássico do repertório brasileiro, e “Hippie Véio Sonhador” (de Zé Geraldo), foram compostas na Serra.

A música folk é uma vertente moderna e poética, capaz de influenciar sensivelmente a chamada atual música sertaneja, que assume um momento demasiado popular e superficial. O folk está intimamente ligado ao que vem de dentro, a essência. Por isso, esta relação tão estreita com a natureza e o cotidiano. As árvores, rios e cachoeiras, a casa avarandada e o cheiro de lenha, características tão singulares da Serra da Cantareira.

Nesta primeira edição, o Festival Folk na Serra apresenta músicos jovens e veteranos, que se caracterizam pelo estilo folk. Abre o evento o cantor e compositor Zé Geraldo, que apadrinha o festival, acompanhado pelo cantor Francis Rosa. Então, a noite segue repleta de atrações, shows com Doutor Jupter, Folk na Kombi, Tuia, Calunga & Werneck com Carneiro Sândalo. O violeiro Yassir Chediak fará participação especial. E a noite não será só de música, o evento traz algumas intervenções artísticas, como o artista plástico Guto Rosa e o artesão de chapéus Du E-Holic, ambos produzirão seu trabalho ao vivo. Antônio Junior Junqueira traz poesia e músicos da região fazem outras surpresas musicais. O ingresso inclui ainda o jantar do tradicional restaurante da casa. Dona Iracema, a proprietária, vai abrir sua cachaçaria para oferecer uma degustação cortesia.

“Entendo o folk como um gênero inserido no genoma humano. É um estilo que pode ser caracterizado por instrumentos acústicos, como o banjo, violão, a gaita, bandolim e o violino, por melodias e ritmos folclóricos. Está inserido em inúmeros outros estilos musicais como o rock, pop, country e outros mais”, conta o músico Ricardo Massonetto, do Doutor Jupter.

Este encontro musical tão singular, não poderia ter lugar melhor para ser acolhido como o complexo O Velhão, um local que representa muito do desejo de quem busca o estilo de vida folk.

A 2ª edição do Festival  Folk na Serra tem previsão para acontecer ainda este ano. “Há muitos anos o folk acontece na Serra. Assim como a Mangueira no Rio faz samba, a Cantareira em SP faz Folk”, afirma Renato Teixeira.

mosaico-folk.jpg

Acesse, curta, siga:
https://www.facebook.com/folknaserra
www.instagram.com/folknaserra

Serviço

Festival Folk na Serra – 1ª edição
Data: 15/06  (quarta-feira)
Horário: a partir das 19h30 (os shows iniciam as 21h)
Local: O Velhão
Rua Estrada Municipal Prefeito Dr. Sarkis Tellian nº 3000 (antiga Estrada de Santa Inês)
Serra da Cantareira, Mairiporã, São Paulo.
Fone: (11) 4485-1330 / 4485-1115
Capacidade: 200 lugares
Classificação: 18 anos
Assentos para pessoas com necessidades especiais.
Ingresso: R$ 59,00. ESGOTADOS. O convite inclui jantar, bebidas são a parte.
* Pelas redes sociais do festival está acontecendo sorteio que valem ingressos.
Não aceita cartões, apenas cheque ou dinheiro.
Atrações da 1ª edição Festival Folk na Serra -:

Zé Geraldo, Francis Rosa, Doutor Jupter, Folk na Kombi, Tuia, Calunga & Werneck (Claudio Calunga, Marcio Werneck e Théo Werneck, com Carneiro Sândalo) e Yassir Chediak.

Artistas convidados: Guto Rosa e Du E-Holic,

Ator convidado: Antonio Junior Junqueira

Músicos convidados: Ricardo Nasch e Daniel Blando

Ficha Técnica
Idealizador: Renato Teixeira
Curadoria: Renato Teixeira e Yassir Chediak
Patronos: Julio Maria (jornalista) e Zé Geraldo
Coordenação e Produção Executiva: Rosana Santos
Produção Geral: Mariana Massoneto e Ricardo Massoneto
Direção Artistica: Cia Mevitevendo e Cia Ilustrada
Equipe de Produção: Adriani Simões, Luana Henrique, Antonio Junior, Cleber Laguna, Marcia
Fernandes.
Arte: Hector Hungria – A3
Apoio Cultural: CanTV, Guia Mairiporã Turismo, Do Mato Papelaria Ideias e Pousada Cantâros.
Patrocínio: O Velhão, Líder e Ipanema Supermercados.
Realização: Amora – Conceito em Música, Cantareira Produções e 8 Cultural.

DEIXE UM COMENTÁRIO