Folias do Coração

Escrita por Geraldinho Carneiro, Folias do Coração estreia no próximo dia 6 de junho com direção de Xando Graça no Espaço Sergio Britto, na Glória

Folias do Coração - Foto: Alvaro Victor

A peça é a história atemporal de uma guerra travada pelo exército e a marinha de um país que poderia ser muito bem o seu, o meu, o nosso ou o dos outros. Disputam o poder e a Presidência da República. O General tem a ideia de minar a cidade e dizer à população que foi a marinha a responsável por isso. No momento em que ele faz um discurso à população informando que o exército salvaria a cidade fazendo a retirada das bombas, todos vão se retirando silenciosamente e a cidade fica vazia.

Seu adversário, o Almirante tem um espião que avisa que a cidade está cheia de bombas e então ele manda um especialista em comunicação – que não larga as suas pombas – ir à cidade descobrir o detonador das bombas e desarmá-lo. Quando este chega à cidade, encontra somente os loucos do asilo, que ficaram na cidade, alheios a tudo o que estava acontecendo à sua volta. O soldado enviado pela marinha é confundido pelos loucos com o rei que retorna para governa-los. O soldado, Martim, tenta desfazer os mal-entendidos enquanto procura o detonador armado pelo exército que fará explodir a cidade. Espécie de alegoria antibélica, o texto tem também romance e humor.

Para o diretor Xando Graça, o texto é recheado de personagens interessantes, o que permite boas oportunidades para trabalhar o elenco, principalmente quando ele é formado por jovens atores como este. Além disso, é um texto que tem um apelo afetivo para o diretor. “O primeiro grupo profissional de que tomei parte, Marxmellow, montou este espetáculo em 1983. Na época ainda não era do grupo, mas fui assistir a peça e me lembrava de ter me causado um grande impacto. Ao relê-la hoje, senti o mesmo entusiasmo que senti na época”, conta.O texto apresenta aos olhos do espectador dois mundos: o mundo dos militares e o mundo dos loucos. Procurei na montagem ressaltar as ambições, os desejos e os comportamentos desses dois mundos aparentemente tão distintos, mas onde podemos encontrar manifestações delirantes e atitudes tresloucadas tanto neste como naquele mundo”, completa o diretor.

FICHA TÉCNICA:
Direção – Xando Graça
Texto – Geraldo Carneiro
Direção Musical – Edvan Moraes
Cenário e Figurinos – Adriano Ferreira e Gustavo Henrique
Iluminação – Wilson Reiz
Assistente de Produção – Lucas Rangel
Fotografia – Álvaro Victor
Projeto Gráfico – Rita Ariani
Direção de Produção – Marcia Quarti 

Elenco: Alice Maria Paiva, Caio Mello, Mila Carmo, Eduardo Cardoso, Clarice Paixão, Estenio Grassi, Evandro Mattei, Gilberto Góes, Jhenifer Emerick, Laís Medeiros, Luiz França, Marcus Duarte, Marina Loureiro, Michelle Costa, Priscila Gonzaga, Samantha Gilbert.

SERVIÇO:
Temporada: de 6 a 14 de junho
Local: Espaço Sérgio Britto – Instituto CAL de Arte e Cultura – Rua Santo Amaro, 44 – Glória.
Capacidade: 50 lugares
Horário: sábados às 17:30 e 20:00 e domingos às 16:30 e 19:00.
Ingresso: R$ 30,00
Classificação etária: Livre
Duração: 120 minutos 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO