Filme de Lucia Murat e debate sobre a velhice no Rio

'Em três atos' coloca em cena as bailarinas Angel Vianna e Maria Alice Poppe, as atrizes Andrea Beltrão e Nathalia Timberg e a escritora Simone de Beauvoir 

Em três atos - Maria Alice Poppe e Angel Vianna
Em três atos – Maria Alice Poppe e Angel Vianna

O filme Em três atos, com roteiro e direção de Lucia Murat, será apresentado no dia 9 de setembro, às 19h, na Sociedade Brasileira de Psicanalise do Rio de Janeiro (SBPRJ). Trata-se de um ensaio poético sobre o ciclo da vida. Após a sessão, haverá debate com o tema “A velhice contemplada”, com a diretora e com a psicanalista Sônia Eva Tucherman, com coordenação de Luiz Fernando Gallego, responsável pelo ciclo Psicanálise e Cinema da SBPRJ. 

Em três atos - Andréa Beltrão
Em três atos – Andréa Beltrão

Em três atos apresenta um espetáculo de dança, coreografado por João Saldanha, que é uma homenagem a Angel Vianna – ícone da dança contemporânea brasileira, que participou do filme aos 85 anos. Ela dança com a bailarina Maria Alice Poppe, sua ex-aluna, que está no auge do seu vigor. Nathalia Timberg e Andrea Beltrão interpretam textos livremente inspirados nos livros “A velhice” e “Uma morte muito doce”, de Simone em Beauvoir (1908-1986), e em entrevistas concedidas pela escritora.  

Em três atos - Nathalia Timberg
Em três atos – Nathalia Timberg

Em nota sobre o filme lançado no ano passado, Lucia Murat comenta que um dos motivos que levou Simone de Beauvoir a escrever o livro “A velhice” foi por ela mesma estar vivendo aquela fase da vida e que, por isso, sentiu necessidade de investigar a situação dos velhos na sociedade. “Pelo mesmo motivo, decidi fazer o filme. Pela minha formação como cineasta e também por ter sido bailarina na adolescência pensei em tentar exprimir essa sensação contrapondo o “corpo” e a “palavra”. A proposta do filme é muito mais levantar questões e apontar sensações do que dar respostas. Por isso, o que busco são as nuances e contradições observadas no corpo: a dor de ter perdido o vigor convivendo com a vida que está presente na velhice”, assinala. 

A SBPRJ fica na rua David Campista, 80, no Humaitá, RJ. Taxa de manutenção: R$ 20,00. Informações e reservas: 2537-1333  e  2537-1115 – sbprj@sbprj.org.br  

Filme:   Em três atos 

9 de setembro – 19 horas    

Duração do filme: 76 minutos    Classificação: Livre 

Taxa de manutenção: R$ 20,00 

Informações e reservas: 2537-1333  e  2537-1115 – sbprj@sbprj.org.br  SBPRJ – Endereço: Rua Davi Campista, 80 – Humaitá   

DEIXE UM COMENTÁRIO