Festival Mais Performance ocupa Oi Futuro com performances e exposições

Evento recebe artistas nacionais e internacionais a partir de 30 de setembro

Arthur Scovino durante performance Cabloco Pena Rosa
Arthur Scovino durante performance Cabloco Pena Rosa

O Oi Futuro Ipanema recebe a partir do dia 30 de setembro o Festival Mais Performance. O festival apresenta trabalhos de 10 artistas nacionais e internacionais, que realizarão performances ao vivo para o público, além de duas exposições fixas que permanecerão abertas durante todo o mês de outubro, incluindo uma mostra individual do artista austríaco Peter Weibel, um dos pioneiros na experimentação da arte e tecnologia, considerado um dos principais artistas mundiais na arte da performance.

Com curadoria de Caroline Menezes e direção de produção de Tathiana Lopes, a proposta do festival Mais Performance é apresentar diferentes facetas do que já é historicamente conhecido na arte da performance e novas tendências no campo desta manifestação artística. Por isso, o projeto tem como objetivo mostrar criações performáticas que transbordam o escopo das artes visuais e do corpo e abarcam a interdisciplinaridade como tendência e influência. O festival também pretende justapor passado e presente, trazendo a exposição de um artista que já tem mais de 50 anos de trajetória no campo da performance, como Peter Weibel, ao lado de nomes estabelecidos e novos da arte contemporânea que experimentam com essa linguagem.

Para Caroline Menezes, curadora do Mais Performance, “artistas e curadoria estarão juntos para delinear um festival em que o diálogo entre diferentes criações artísticas será apresentado ao público com uma linguagem acessível e de comunicação imediata”. Já para Tathiana Lopes, organizadora do festival “o público será convidado a viver novas experiências através de diversas linguagens da arte da performance, que exploram o uso da tecnologia, do corpo, da fotografia e da interatividade. É um projeto que oferece uma programação variada e desloca artistas e público para diferentes espaços durante as performances, exposições e debates, tornando a experiência para todos ainda mais rica,  afirma a organizadora do evento.

Performances
Marcadas para os dias 30 de setembro, 1 e 2 de outubro, uma seleção de artistas performáticos vão se apresentar ao público. Participam da programação, além de Peter Weibel, a inglesa Flora Parrott e a francesa Anne Rocquigny, os artistas brasileiros Túlio Pinto, Arthur Scovino, Wellington de Oliveira Júnior (Tutunho), Gabriela Noujaim, Marcella França, Debora Santiago, e o artista sergipano radicado em Berlim, Leandro Goddinho.

Exposição do artista Peter Weibel
Intitulada “Peter Weibel: The Messenger”, a mostra traz pela primeira vez ao Brasil vídeos e fotos de performances do artista realizadas nas décadas de 1960 e 1970, além de trabalhos de poesia visual. Todos os trabalhos são da coleção do ZKM ­– Centro de Arte e Mídia, em Karlsruhe, um dos mais importantes museus dedicados a arte e tecnologia do mundo. Esta exposição poderá ser visitada até dia 30 de outubro.

Videoarte
Na galeria do primeiro andar, uma mostra coletiva que recebe o nome do festival “Mais Performance”, levará os trabalhos de seus artistas em uma exposição de vídeos especialmente produzida para o projeto que também ficará aberta à visitação até o dia 30 de outubro. Esta exposição poderá ser visitada até dia 30 de outubro.

O Festival Mais Performance é realizado pela Cardápio de Ideias Comunicação e Eventos e Oi Futuro, e conta com o patrocínio da Oi, do Governo do Rio de Janeiro, da Secretaria de Estado de Cultura e da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro.

Mais informações em: www.maisperformance2016.com

Festival Mais Performance @ Oi Futuro Ipanema
Abertura para convidados: 30 de setembro, às 19h. 
Performances: 1 e 2 de outubro, de 15h às 21h
Exposições: 1 de outubro a 30 de outubro de 13h às 21h
Local: Oi Futuro Ipanema – Rua Visconde de Pirajá, 54 – Ipanema, Rio de Janeiro
Estacionamento: Não
Classificação: livre
Tel.: (21) 3131-9333
Site: www.oifuturo.org.br

DEIXE UM COMENTÁRIO