Festival de Artes Integradas leva oficinas, dança, música e teatro à comunidades do Rio

Isso dá um samba (foto: Guilherme Imbassahy)
Isso dá um samba (foto: Guilherme Imbassahy)

O FEST-FAVELA: Minha Cidade Maravilhosa, idealizado pelo Gene Insanno, será realizado nos dias 23, 24, 30, 31 de julho e  06 e 07 de agosto, nos bairros do Cantagalo, Maré, Mangueira, Vidigal e Rocinha, além de uma apresentação no Museu do Amanhã.

O grupo Gene Insanno, juntamente com os pontos de cultura Ecoar, Cia Livre de Dança da Rocinha, Centro Cultural Cartola e a Ação Local Cia Cultura Urbana RJ, realizarão o FEST-FAVELA: Minha Cidade Maravilhosa, um festival de artes integradas que levará, gratuitamente, muita dança, teatro, oficinas e música aos moradores e ao público visitante. Faz parte da programação cultural que acontecerá antes e também durante as Olimpíadas, nos meses de julho e agosto, na cidade do Rio de Janeiro. 

O impacto social do projeto é grande, pois tem a intenção de levar diversas apresentações artísticas para 5 comunidades da cidade, beneficiando não apenas os turistas, mas também os cariocas dos bairros mais carentes e que geralmente não estão no circuito de eventos culturais da cidade.

O festival vai contar com apresentações de teatro, dança, shows de música e performances, unindo 4 Pontos de Cultura e uma ação local. A estimativa é que o festival atinja mais de 1500 espectadores ao final do evento.

Como parte do festival, os pontos de cultura realizarão seis oficinas gratuitas em agosto (totalizando 6 cursos e 120 alunos).

A ideia do Gene Insanno Cia de Teatro foi contemplada no edital PONTOS DE CULTURA – CIDADE OLÍMPICA, que  tem como foco premiar ações cultuais no período das Olimpíadas.

PROGRAMAÇÃO

Horário
Início: 14h | Término previsto: 18h

23 DE JULHO

CANTAGALO – CAMPINHO
14h – Ilhas (Performance de Dança)
Ecoar

15h – Isso dá um Samba (Espetáculo Teatral)
Grupo Gene Insanno

16h – História de um Malandro (Espetáculo de Dança)
Cia Cultura Urbana RJ  

24 DE JULHO

MARÉ – AÇÃO COMUNITÁRIA DO BRASIL

14h – Contando e Cantando a história do Samba (palestra ilustrada)
Nilcemar Nogueira
(Doutora em Psicologia Social, Mestra em Bens Culturais, Pesquisadora, Sambista)
Centro Cultural Cartola

15h – História de um Malandro (Espetáculo de Dança)
Cia Cultura Urbana RJ

16h – Isso dá um Samba (Espetáculo Teatral)
Grupo Gene Insanno 

30 DE JULHO

MANGUEIRA – CENTRO CULTURAL CARTOLA

14h – Contando e Cantando a história do Samba (palestra ilustrada)
Nilcemar Nogueira
(Doutora em Psicologia Social, Mestra em Bens Culturais, Pesquisadora, Sambista)
Centro Cultural Cartola

15h – Isso dá um Samba (Espetáculo Teatral)
Grupo Gene Insanno 

31 DE JULHO

MUSEU DO AMANHÃ

14h – História de um Malandro (Espetáculo de Dança)
Cia Cultura Urbana RJ

15h – Ilhas (Performance de Dança)
Ecoar

16h – Isso dá um Samba (Espetáculo Teatral)
Grupo Gene Insanno

17h – Contando e Cantando a história do Samba (palestra ilustrada)
Nilcemar Nogueira
(Doutora em Psicologia Social, Mestra em Bens Culturais, Pesquisadora, Sambista)
Centro Cultural Cartola

18h – Brasileirices (percussão, canto, dança e teatro)
Cia Livre de Dança da Rocinha

06 DE AGOSTO

VIDIGAL – LARGO DO ACESSO

14h – Ilhas (Performance de Dança)
Ecoar

15h – Via Apia (Espetáculo de Dança)
Cia Livre de Dança da Rocinha

16h – Isso dá um Samba (Espetáculo Teatral)
Grupo Gene Insanno

07 DE AGOSTO

ROCINHA – LARGO DA ROUPA SUJA

15h – Um palco para sonhar (Espetáculo de Dança)
Cia Livre de Dança da Rocinha

16h – Isso dá um Samba (Espetáculo Teatral)
Grupo Gene Insanno

As oficinas serão realizadas no mês de agosto. Para mais informações, acesse www.geneinsanno.com ou envie email para geneinsanno@gmail.com.

FICHA TÉCNICA
Idealização: Gene Insanno Companhia de Teatro
Elaboração do Projeto: Anilia Francisca
Produção: Leonardo Gall
Assistência: Lucas Maciel
Designer: Dante Gurgel
Técnica: Lucas Maciel e Victor Fontoura 

DOS PONTOS DE CULTURA, APRESENTAÇÕES E OFICINAS 

Ponto de Cultura Gene Insanno Companhia de Teatro
Gene Insanno Companhia de Teatro surgiu em 1996, e atualmente toca o Ponto de Cultura em Araruama / RJ.  Sua pesquisa investiga o empoderamento do ator criador, a linha tênue entre o real e o teatral e o multifoco da cena contemporânea.

Espetáculo ISSO DÁ UM SAMBA (23, 24, 30, 31 de julho | 06 e 07 de agosto):
A partir dos sambas das décadas de 60, 70 e 80, contamos as histórias cantadas pelos três embaixadores do samba marginal carioca: Moreira da Silva, Dicró e Bezerra da Silva. Discutindo o sincretismo religioso das favelas, a política oportunista das eleições e a invasão das UPPs, a peça leva para a cena situações enfrentadas pelos moradores das comunidades, transmitindo o outro lado da trincheira não-declarada da guerra civil dos morros do Rio de Janeiro.

Oficina: Com que projeto cultural eu vou? (Agosto)
Busca atender iniciantes em elaboração de projetos culturais que ainda tentam estruturar a ideia inicial dos seus produtos e serviços.

Oficina: Cenários e figurinos customizados, fazendo arte do lixo (Agosto)
Capacitar artistas ou interessados na produção de cenários e figurinos a partir do reuso, reciclagem e reaproveitamento de materiais descartados.

Gene Insanno Companhia de Teatro
Direção: Anilia Francisca. Ator/Atriz: Carol Salles / Jack Berraquero / Dani Dillan / Gabriel Leal / Doralyce / Mari Bridi Gabriel Leal / Leonardo Gall. Operador de som: Lucas Maciel. Cenário: Raoni Leher. Figurino: Jenny Baptista. Contra-regra: Lucas Maciel / Victor Fontoura. Oficineiros: Anilia Francisca / Ana Helena Lima / Marcus Faro.

Centro Cultural Cartola
Fundado em 2001, o Centro Cultural Cartola, hoje Museu do Samba, é uma organização criada para valorizar o samba como cultura. Visa empoderar a comunidade do samba, atuando com memória, acervo, salvaguarda, educação e gestão de públicos.

Palestra Ilustrada (24, 30 e 31 de Julho): Contando e Cantando a história do Samba

Nilcemar Nogueira (Doutora em Psicologia Social, Mestra em Bens Culturais, Pesquisadora, Sambista)

Oficina: Arte Carnavalesca (Agosto)
Sayonara Pontes (Carnavalesca, Pós graduação em gestão de carnaval) 

Centro Cultural Cartola
Palestrante: Nilcemar Nogueira. Músico: Jorge Sant Anna da Costa Junior. Oficineira: Sayonara Pontes.

Cia Livre de Dança da Rocinha
Tem como objetivo trabalhar com crianças e jovens da comunidade da Rocinha e adjacências, com as atividades de: percussão, teatro (dança teatro), hip hop e dança afro brasileira. Acredita-se fielmente que através da arte seja possível construir um ser humano melhor, colaborando assim para uma nova sociedade. 

VIA APIA (06 de agosto) – Espetáculo de Dança Teatro, com movimentos da dança contemporânea e texto que mostra situações cotidianas.

UM PALCO PARA SONHAR (07 de agosto) – Fala de um sonho de uma criança em criar uma escola de dança na comunidade onde nasceu.

BRASILEIRICES (31 de julho) – Espetáculo afro brasileiro com percussão ao vivo, canto, dança e teatro, que remete a nossa ancestralidade com as danças folclóricas afro descendentes.

Oficina: Dança Afro (Agosto)
Oficina com foco na dança afro brasileira, como também as suas vertentes. Através do resgate do folclore afro brasileiro. 

CIA Livre de Dança da Rocinha
Coreógrafo:  Ana Lúcia Silva. Prof. Percussão: Alexandre Pires. Coreógrafa: Emilene Lima. Assistente Direção: Mikael David. Elenco: Ana Julia Souza / Carol Sampaio / Isadora Cruz / Debora Sousa / Gabriella Pereira / Sthephanie Brito / Yara Silva / lara Alves / Daniela Azevedo / Yasmim / Leandro Tiago Melo / Ludymilla Marilac / Geovanna Araújo / Luma Sousa.

 

Cia Cultura Urbana RJ de Dança e Teatro
A Cia Cultura Urbana RJ  de Dança e Teatro  surgiu em  2004 e é formada por jovens oriundos de diversas comunidades do estado do Rio de janeiro. Recentemente contemplado como ação local pela secretaria de cultura do RJ, com ela realiza-se festivais, espetáculos, oficinas, workshop, palestras, aulas, etc. Sua principal identidade é a arte urbana. Sua sede fica localizada em Bonsucesso, no subúrbio carioca.

Espetáculo HISTÓRIA DE UM MALANDRO (23, 24 e 31 de julho):
Uma história que retrata a vida de um malandro boêmio e muito namorador, que visa somente vantagem a qualquer preço. Busca o sonho de suas realizações com aquele famoso jeitinho carioca. Nem tudo são flores nessa história de muitos amigos e amores perdidos, mas ele com certeza é um desses brasileiros que não desiste nunca, inspirado nas obras autorais “Uma vida em dança”, “Consciente arte” e “Malandragem dá um tempo”.

Oficina: Dança Urbana (Agosto)
A oficina tem como objetivo, fornecer um espaço de comunicação e visibilidade às diversas manifestações existentes no universo das danças urbanas. De todas as regiões com a filosofia de descentralização. 

CIA Cultura Urbana RJ
Direção: Marcelo Estrella. Bailarinos: Sandy Gomes / Lucas Duarte / Debora Roza / Mayra Kemer / Kennya Kemer / Marcele Conceição / Tassiane Cândido / Ygor / Rodrigo / Luiz de Andrade / Gutierry Mendes / Jhonatan Silva / Adrielly Cristina / Marcela Silva / Marcelo Oliveira.

Ponto de Cultura Ecoar
Coletivo de artistas e educadores que desenvolvem eventos de artes cênicas. Comunicação, ações de democratização cultural para todos os públicos e idades. Trabalha diretamente com pessoas em sofrimento psíquico, em estado de vulnerabilidade social.

Espetáculo ILHAS (23, 31 de julho | 06 de agosto):
Trata-se do resultado de uma residência artística realizada entre os alunos e membros do Ponto Ecoar durante o mês de maio/2016 coordenada pelo artista Gustavo Ciriaco (Portugal) que aborda a temática da “apropriação do espaço urbano”.

Oficina: Movimento essencial, contato com a essência do movimento (Agosto)
O movimento expressivo, as diferentes plásticas, a musicalidade, o trabalho com personagens, a consciência corporal, a palavra, o silêncio, a dança, o encontro consigo mesmo e com o outro.

ECOAR
Direção geral e produção: Carla Strachmann, Direção artística: Gustavo Ciríaco e Jamil Cardoso, Colaboradores: Edmar Oliveira, Geni Viegas; Isabel Goulart; Juliana Cardoso, Raquel, Santoursula, Andrea Damiana, Apoio: Instituto de psiquiatria da UFRJ.

Mais informações:
www.geneinsanno.com

DEIXE UM COMENTÁRIO