Exposição “Viventes” no Museu Universitário da PUC Rio

Melinda Schul

A exposição Viventes, com obras da fotógrafa Marian Starosta e curadoria de Eder Chiodetto, terá sua abertura no dia 9 de julho de 2016, às 16h, no Solar Grandjean de Montigny – Museu Universitário da PUC Rio. Visitação até 11 de agosto. Evento FotoRio 2016. Entrada franca

A mostra será uma instalação construída a partir de histórias orais, de retratos dos sobreviventes e do contexto em que vivem hoje, além de fotografias de objetos e documentos registrados a partir de visitas da fotógrafa em residencies de 29 viventes que chegaram ao Brasil após terem escapado do holocausto.

O projeto foi iniciado em 2013 com o objetivo de fazer um inventário dos sobreviventes do holocausto que vivem hoje no Brasil. Com idades entre 70 e 110 anos, eles são os últimos testemunhos vivos do terror que se viveu na Segunda Guerra Mundial contra os judeus.

Depois de Porto Alegre, onde foi exibido dentro da programação do FestFoto Poa, Viventes chega ao Rio de Janeiro, participando do FotoRio2016. Ainda neste ano será lançado o livro que, além das fotografias de Marian Starosta, terá textos do rabino Nilton Bonder, da artista Leila Danziger, do curador Eder Chiodetto, do fotógrafo Rony Maltz e da historiadora Laura Trachtenberg com projeto gráfico de Elisa Von Randow.

Serviço
Viventes – exposição de fotos de Marian Starosta
Abertura dia 9 de julho, 16h às 20hs
Visitação de segunda a sexta de 10h às 17h/ até 11 de agosto
Entrada franca
Livre
Solar Grandjean de Montigny – Museu Universitário da PUC Rio
E FotoRio 2016
Rua Marquês de São Vicente, 225 – Gávea
Tel: 3527 1435
Entrada Franca

                                                                         

 

DEIXE UM COMENTÁRIO