Exposição ‘O Canto da Vida’, de Guido Boletti, no Espaço Furnas Cultural

Exposição ficará em cartaz entre os dias 22 de setembro e 27 de novembro.

Poeta do ar | 100 x 100 cm | acrílica sobre tela | 2016
Poeta do ar | 100 x 100 cm | acrílica sobre tela | 2016

O artista plástico milanês Guido Boletti, radicado em Tiradentes (MG), expõe suas obras pela primeira vez no Rio de Janeiro. A exposição O Canto da Vida ocupará a galeria do Espaço Furnas Cultural no período de 23 de setembro a 27 de novembro.   

Na ocasião serão apresentadas obras recentes que resultam de uma pesquisa realizada pelo pintor nos últimos vinte e cinco anos em busca do equilíbrio entre o figurativo e o abstrato. As pinturas que compõem a mostra são como transcrições de partituras musicais, nas quais, analogicamente, a harmonia seria representada pela abstração e a letra, pelos itens figurativos.

O Canto da Vida é a tentativa de levar às pessoas a mensagem otimista de que assim como em cada tela é possível encontrar o equilíbrio perfeito entre o abstrato e o figurativo, entre a “canção” e o “instrumental”, o mesmo pode acontecer na vida. “A intenção é dizer que podemos reunir os sonhos e o cotidiano, em um só canto, talvez com a ajuda e o exemplo da arte” afirma Boletti

Segundo o artista que já expôs em Ouro Preto, Belo Horizonte, Mariana, Tiradentes, São João del-Rei e Juiz de Fora: “Esse canto seria a inspiração, a vibração profunda que se materializa na obra e entra em empatia com o espectador, fechando um ciclo virtuoso que transcende qualquer lógica racional”.

Sobre Guido Boletti
Nascido em Milão (Itália) em dezembro de 1961. Artista autodidata, no final dos anos oitenta, procura na música a primeira fonte de inspiração para dedicar-se à pintura. No início de sua carreira, teve a oportunidade de conviver com mestres italianos de renome internacional como Renzo Margonari, de quem é amigo até hoje, e Emilio Tadini, falecido em 2002. O contato com a cultura brasileira, através das viagens na década de 90 e da posterior residência no país, trouxe novas energias e inspirações, influenciando definitivamente a sua obra. Seu trabalho inclui pintura, vitrais, cerâmica, serigrafia, joias, ilustrações para capas de CD’s e livros infantis. Nos últimos anos desenvolveu um percurso de pintura ao vivo em forma de happenings em espaços públicos, televisivos e teatrais. O mais recente de todos é o show “Improvisual” (pintura e música ao vivo, https://youtu.be/ZjqNGlO5dx8).

Tem participado de numerosas exposições individuais e coletivas em  cidades italianas e no Brasil. Possui obras expostas em galerias, museus públicos e privados como no ‘Teatro alle Vigne’ (Lodi – Itália), no ‘Museo di arte Sacra Diocesana’ (Lodi – Itália), na coleção de arte contemporânea da ‘Provincia di Lodi’ (Itália), no ‘M.i.M. – Museo in Motion’ (San Pietro in Cerro – Itália), na  ‘Galeria de Minerva do Museu de Juelich’ (Alemanha), no Museu Casa dos Contos de Ouro Preto (MG) e no acervo do Centro Cultural Da UFSJ de São João del Rei (MG). 

Recebeu prêmios e reconhecimentos, destacando-se um prêmio logo no começo da carreira recebido do Ministério do Correio japonês (que promoveu em 1990 um concurso internacional para criar um novo selo comemorativo) e a medalha de ouro da Associação Cultural ‘Monsignor Luciano Quartieri’, em Lodi (2001).

Tem recebido vários depoimentos de críticos e jornalistas de arte na Itália e no Brasil como: dos Professores Carlo Munari, Renzo Margonari e Pierre Santos; dos críticos Morgan da Motta, Fabio San Juan, Giovanni Schialvino e Gabriele Turola, da jornalista Marina Arensi; da crítica e curadora Paola Trevisan e da artista e galerista Esthergilda Menicucci.

SERVIÇO:
O Canto da Vida

Local: Espaço Furnas Cultural

Endereço:  R. Real Grandeza, 219 – Botafogo, Rio de Janeiro – RJ, 22281-035 Tel: (21) 2528-3112

Abertura: Dia 22 de setembro

Horário de visitação: Terça a sexta, das 14h às 18h e sábado, domingo e feriado, das 14h às 19h. Não há necessidade de ingresso para exposição.

Temporada: De 23 de setembro a 27 de novembro de 2016

DEIXE UM COMENTÁRIO