Estão abertas as inscrições para as oficinas do dança em foco 2016

Os interessados devem se inscrever pelo site até o dia 30/

Pedro Sena NunesEstá chegando o dança em foco 2016 – Festival Internacional de Vídeo & Dança. Em sua 14ª edição, o evento oferecerá 3 oficinas com os temas “A dança na tela”, “A dança do cineasta” e “Vídeo-dança”, ministradas por convidados internacionais. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas pelo site www.dancaemfoco.com.braté o dia 30/04. Para cada oficina são destinadas 20 vagas.

O festival, que acontecerá de 24/05 a 05/06 no Centro Cultural Oduvaldo Vianna Filho – Castelinho do Flamengo, é um projeto de difusão, experimentação, formação e produção das diferentes possibilidades de relação entre o vídeo e a dança. A programação, além das oficinas, conta com performances, instalações, exposições, espetáculos multimídia, residências, minicursos, palestras e debates. A realização do dança em foco 2016 é patrocinada pela Secretaria Municipal de Cultura, através do Programa de Fomento à Cultura Carioca 2015.

Sobre as oficinas

“A dança na tela” – com Jeannette Ginslov (Escócia) – De 24 a 27 de maio, das 10h às 13h.

A oficina faz uso de uma variedade de exercícios destinados a introduzir e desenvolver a prática de videodança; pretende-se experienciar a dança com e sem a câmera, explorar coreografia e movimento através de partituras e/ou storyboards, assim como experimentar modos de filmar e construir estruturas narrativas orientadas para diferentes plataformas de difusão. A improvisação será utilizada como estratégia para desenvolver habilidades de enquadramento e movimento de câmera; o processo de edição como um meio de expandir, pela imagem da dança na tela, a materialidade digital e a dimensão háptica e afetiva do corpo em movimento.

Jeannette Ginslov é especialista em videodança e realidade aumentada (RA). É Mestre em Media Arts & Imaging na DJCAD (Duncan of Jordanstone College of Art and Design, no Reino Unido) e Mestre em Coreografia pela Rhodes University (África do Sul). Sua produção artística investiga as relações entre o corpo em movimento, performatividade, memória somática e materialidade digital. É diretora e curadora do Screendance Africa, produtora associada do dance-tech. net, e professora de Dança e Tecnologia no The Space – Scottish School of Contemporary Dance, na Escócia.

 “A dança do cineasta” – com Frank Boulègue e Marisa C. Hayes (França) – De 31 de maio a 03 de junho, das 10h às 13h.

A oficina utilizará estratégias da dança combinadas com movimentos da câmera para criar pequenos filmes em que a câmera é o principal elemento do processo coreográfico. A proposta é de proporcionar recursos para tratar a câmera como extensão do corpo que dança. E inclui improvisações, análise de obras e criação de pequenos filmes de dança (que serão exibidos e discutidos pelos participantes).

Franck Boulègue e Marisa C Hayes são realizadores de videodança, fundadores e diretores do Festival International de Vidéo Danse de Bourgogne, na França. Sua produção artística tem sido exibida em diversos festivais e merecido prêmios como o Susan Braun (New York Dance Films Association) e o Video Dance da Pentacle Movement Media. São colaboradores frequentes em diversas publicações tematizando história da dança, videodança e estudos de cinema.

 “Vídeo-Dança” – com Pedro Sena (Portugal) – De 31 de maio a 03 de junho, das 14h às 17h.

Esta oficina teórico-prática está direcionada para a criação de videodança, através da visualização de obras que lançam questões em torno da imagem e do corpo em associação com o movimento. Abordará questões como a percepção do espaço, corpo, imagem e movimento, visando sensibilizar o olhar para além do que os nossos próprios olhos veem, a fim de decompor o movimento e coreografá-lo através da câmara.

Pedro Sena Nunes, realizador, programador e professor na área do cinema documental e experimental, realizou diversos documentários, ficções e spots publicitários. É codiretor artístico da Vo’Arte, e dos Festivais Internacionais InShadow, InArte e InMotion – Cinema e Dança. É doutorando em artes performativas e imagem em movimento na Universidade de Lisboa e investigador no GECAPA – Gabinete de Estudos de Cultura, Artes Performativas e Audiovisuais do CLEPUL da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, atuando em pesquisas nas áreas experimentais de cruzamento entre corpo e imagem, com destaque para o corpo diferente nas artes performativas.

Serviço

dança em foco 2016-24 de maio a 05 de junho 

Oficinas “A dança na tela”, “A dança do cineasta” e “Vídeo-dança

Inscrições até 30/04

20 vagas por oficina

Inscrições gratuitas pelo site www.dancaemfoco.com.br

DEIXE UM COMENTÁRIO