Espetáculo sobre os Orixás realiza curta temporada na Zona Sul

Quem são os míticos Orixás, divindades trazidas pelos escravos da África e cultuadas até hoje no Brasil? O espetáculo “Xirê Orixá – Divindades da Criação”, dirigido e coreografado por Marcio Moura, traz uma releitura sobre algumas lendas dos Orixás mais conhecidos, como Oxum, Ogum e Iemanjá. A peça teatral será apresentada, em curta temporada, nos palcos do Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto, no Humaitá, entre os dias 22 e 25 de outubro. O ingresso custa R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada) e o início será sempre às 20h.

Primeira montagem da Ore Companhia Artística, “Xirê Orixá” possui 50 minutos de duração e tem como proposta levantar a bandeira a favor de todas as religiões, notabilizando as raízes do povo brasileiro. Em menos de um ano de estrada, o espetáculo já levou centenas de pessoas a conhecerem um pouco mais sobre as divindades iorubas, povo proveniente da África Ocidental.

Em cena, oito atores/bailarinos, trajados com as cores e vestimentas características dos deuses africanos, dançam como se o próprio Orixá estivesse presente, ao som de atabaques, ecoados por dois músicos, e pelas principais músicas da MPB que versam sobre a temática afro.

Para Marcio Moura, responsável pela montagem, a peça tem um papel fundamental em elucidar o público sobre questões atuais, como o a tolerância entre os diferentes segmentos religiosos. “O ‘Xirê’ traz uma mensagem de paz e harmonia, exaltando as raízes e a miscigenação da sociedade brasileira. Em nosso corpo de atores e bailarinos temos seguidores de diferentes religiões, como o Candomblé, a Umbanda, o Cristianismo, dentre outras”, afirma Marcio.

www.xireorixa.com

SERVIÇO

Xirê Orixá – Divindades da Criação

Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto – 22 a 25 de outubro
Rya Humaitá, 163 – Humaitá, Rio de Janeiro
Tel: (21) 2535-3846
Horário: 20:00h
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada)

FICHA TÉCNICA

Espetáculo “Xirê Orixá – Divindades da Criação”
Direção e coreografia  || Marcio Moura

Figurinos  – Fernanda Sabino 

Ambientação Cênica || Raquel Theo

Desenho de Luz || Alvaro Assad
Fotografias || Carlos Freixo

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui