Espetáculo “A Santa Joana dos Matadouros” faz apresentações no Galpão Gamboa

Peça venceu prêmio Shell na categoria Iluminação e APTR e Cesgranrio na categoria Cenografia

foto: Francisco Costa
foto: Francisco Costa

Escrita por Bertolt Brecht no contexto da crise de 1929, “A Santa Joana dos Matadouros” mostra a luta dos trabalhadores de matadouros que servem à indústria de carne enlatada de Chicago em um momento de desemprego e greve, a montagem dirigida por Marina Vianna e Diogo Liberano, tem apresentações no Galpão Gamboa nos dias 11 e 12/06. A programação faz parte do penúltimo final semana da mostra Gamboavista.

Joana Dark é a anti-heroína que procura aplacar a dor dos operários com sopa quente e palavras de fé, mas sofre uma tentativa de cooptação pelos patrões. A versão do texto apresentada na montagem conta com tradução de Roberto Schwarz, mas o material aparecerá completamente reconstruído, com dramaturgia de Diogo Liberano.

O espetáculo mostra a trajetória da missionária Joana Dark desde a inocência – quando acredita que a distribuição de sopa e cânticos religiosos para os pobres atenderá as tensões que a crise do mercado da carne gera nos trabalhadores e desempregados – até o seu entendimento da mecânica complexa e ininterrupta do capital. Ambientada na Chicago de 1929, a peça se utiliza da apresentação da viagem alegórica de Joana aos matadouros da cidade.

FICHA TÉCNICA
Texto: “Santa Joana dos Matadouros”, de Bertolt Brecht
Direção: Marina Vianna e Diogo Liberano
Atores: Elisa Pinheiro, João Velho, Leonardo Netto, Sávio Moll, Vilma Melo, Adassa Martins, Leandro Santanna e Gunnar Borges
Tradução: Roberto Schwarz
Dramaturgia: Diogo Liberano
Músico em cena: Arthur Braganti
Direção de arte: Bia Junqueira
Direção Musical: Rodrigo Marçal e Arthur Braganti
Direção de Movimento: Laura SamyI
Iluminação: Paulo César Medeiros
Produção executiva: Marcelo Mucida
Direção de produção: Ana Lelis
Realização: Moinho Produções
Idealização: Marina Vianna e Luisa Arraes

SERVIÇO:

A Santa Joana dos Matadouros
Data: Dias 11/06 e 12/06
Local: Galpão Gamboa – Teatro
Endereço: Rua da Gamboa, 279 – Centro – RJ
Horário: 21h (sábado) e 20h (domingo)
Ingressos: R$ 20 (inteira)/R$ 10 (meia)/R$ 5 (para moradores dos bairros da Zona Portuária, mediante apresentação do comprovante de residência)
Vendas de ingressos:
– No Galpão: terça a quinta, das 14h às 18h (nos dias de espetáculo, a bilheteria começa a funcionar 2 horas antes do início do espetáculo ou até se esgotarem os ingressos)
– Na Pequena Central: terça a quinta, das 14h às 18h (endereço: Rua Conde de Irajá, 98, Botafogo – telefone de contato: 3797-0100)
Capacidade: 80 lugares
Forma de pagamento: dinheiro