Entrevista escritora Tânia Dantas

“A literatura desenvolve: a sensibilidade, a escrita, a oralidade, a capacidade argumentativa, o senso crítico, a capacidade de ver, de fantasiar, de se encantar etc.” Boa Leitura!

Tânia Dantas
Tânia Dantas

Divulga Escritor – Escritora Tânia Dantas é um prazer contarmos com a sua participação no projeto Divulga Escritor,  conte-nos o que a motivou a ter gosto pela área Educacional?

Tânia Dantas –  É um prazer, uma honra e uma grande alegria fazer parte e ser parte desse grandioso projeto. O que mais me motivou a ter gosto por essa área, foi a possibilidade da criação de novas formas de conhecimento, não só rompendo com os limites disciplinares, mas também criando novos espaços para que o conhecimento possa ser produzido, reinventado e construído. É encantador ter a oportunidade de interagir com educadores e educando mostrando a possibilidade de transpor limites, superar os desafios e acima de tudo encorajando-os a seguir no seu projeto maior “Ser Feliz”. Ao mesmo tempo, me encanta na área educacional a possibilidade do diálogo que aproxima a teoria da prática, a academia da política do quotidiano e a valorização do ser humano.

Divulga Escritor – O que mais a encanta na área literária?

Tânia Dantas –  É o poder que a literatura tem de influenciar de maneira positiva, promovendo o exercício da reflexão, da interrogação e da crítica. Concordo com Bakhtin, quando afirma que a literatura é um instrumento motivador e desafiador, ao mesmo tempo, é capaz de transformar o indivíduo em um sujeito ativo, responsável pela sua aprendizagem, que sabe compreender o contexto em que vive e modificá-lo de acordo com suas necessidades.

Divulga Escritor – Que temas costumas abordar em seus escritos?

Tânia Dantas –  Formação docente; Paradigmas educacionais e a realidade brasileira; Políticas Educacionais; Importância da tecnologia no contexto escolar; Ensinar a pesquisar em Educação; A complexa relação entre o ensinar e o aprender. Embora, o eixo central dos meus escritos tem sido o fenômeno oralidade, que venho pesquisando nos últimos anos. Naturalmente, aqui e ali, há muitos textos que versam sobre outras temáticas, mas é no estudo da Linguagem Oral que concentro as minhas produções literárias e acadêmicas.

Divulga Escritor – Qual a mensagem que você quer transmitir ao leitor através dos temas abordados?

Tânia Dantas –  Na sociedade em transformação, gostaria de servir como agente de formação, seja no espontâneo convívio do leitor com o livro, seja no diálogo ou nas atividades literárias. A grande mensagem, claramente embutida nos meus textos, diz respeito a importância do diálogo, da interação, da valorização dos profissionais da educação e do ser humano como sendo o centro de todas as coisas. Busco inspirar confiança, motivar a atenção, despertar interesse e curiosidade e, sobretudo, conhecer o público a quem se destina o texto produzido. E, para que isso ocorra, procuro criar um clima de envolvimento, de encantamento naquele assunto que estou querendo partilhar e, com isso conquistar a confiança do leitor, por meio de uma conversa tranquila, uma postura ética e encorajadora, livre de imposições. É fundamental que o leitor possa interagir com o que está lendo.

Divulga Escritor – Em sua opinião, qual a importância da literatura para a área Educacional?

Tânia Dantas –   A literatura desenvolve: a sensibilidade, a escrita, a oralidade, a capacidade argumentativa, o senso crítico, a capacidade de ver, de fantasiar, de se encantar etc. Além de que, a literatura é algo bom, fácil e prazeroso, não exige grandes esforços. Sendo assim, é imprescindível que o convívio com os livros extrapole o desenvolvimento sistemático da escolarização e que a literatura passe a ser difundida com mais intensidade nas escolas. Pois, sabemos o quanto a literatura, não é algo tão presente nas salas de aula quanto deveria. A presença da literatura na área educacional propicia o desenvolvimento social, emocional e cognitivo de todos os atores envolvidos. Permite a autonomia social do indivíduo, estimula seus conhecimentos e ajuda a refletir sobre seu pensamento a respeito do mundo e de si mesmo. Infelizmente, muitos educadores veem a literatura como um conteúdo sem significado, por não ter um objetivo técnico.

Divulga Escritor – Quais os seus principais objetivos como escritora?

Tânia Dantas –  Socializar a linguagem (oral e escrita), estimular o hábito da leitura e da produção literária e acadêmica e os valores que acredito e que me identifico, a exemplo da sistematização do ensino da oralidade nas redes de ensino (privadas e públicas). Ao longo dos anos, tenho a preocupação de contribuir para a formação de educadores e educando, como sujeitos críticos, responsáveis e atuantes na sociedade. Atualmente, dedico maior parte do meu tempo aos profissionais da educação, na expectativa de que possamos juntos nos fortalecer e realizar o sonho de ver o nosso Brasil sendo essa tão almejada “Pátria Educadora”, pois já temos muitos “educadores de verdade”, percebemos isso por meio da leitura, da escrita, da linguagem oral e visual.

Divulga Escritor – Que temas você aborda em suas palestras?

Tânia Dantas –  Gestão Estratégica de Pessoas; Marketing pessoal e profissional; Relação de Trabalho; Relacionamento Interpessoal; Comportamento e Desenvolvimento Humano nas Organizações; Qualidade na Prestação de Serviço; Ética Profissional; Desenvolvimento de Liderança e Trabalho em Equipe; Qualidade de Vida e produtividade no Trabalho; Reuniões Produtivas; Oralidade como ferramenta para uma Aprendizagem Significativa; Oralidade no Contexto Educacional; Concepções de Leitura; Gêneros Textuais e Ensino.

E-mail: mstaniadantas@gmail.com

Divulga Escritor – Quais os principais hobbies da escritora Tânia Dantas?

Tânia Dantas – Ler; caminhar; curtir a natureza, a família e os amigos; fazer novas amizades.

Divulga Escritor – Como você vê o mercado literário brasileiro?

Tânia Dantas –  Com o advento da ferramenta tecnológica, a produção literária hoje é intensa e facilitada pelo avanço tecnológico em todos os setores, existem várias produções independentes e talentos aflorando todo dia. É inegável que, a internet veio para revolucionar o mundo literário. O que mais se encontra hoje são textos literários, que servem para demonstrar a expressividade do internauta sobre os mais diversos assuntos, inclusive para enfatizar um assunto, divulgar e se promover (pessoal, profissional e acadêmico) por meio das redes sociais. O problema que vejo é que o mercado está restrito a tecnologia, é notório a falta de espaço para divulgação, lançamento e venda nas livrarias, sobretudo ao escritor iniciante. Quase sempre o escritor não pode arcar com os custos, pois são poucas as editoras que trabalham com pequenas tiragens. Assim, o escritor “principiante” fica com uma ânsia por encontrar quem lhes dê a mão e leve sua obra ao conhecimento dos leitores. Há editoras, no entanto, que  não estão interessadas em vender  a ideia do autor e nem em consolidar o nome dele, apenas desejam oferecer serviços editoriais e lucrar com isso. 

Divulga Escritor – Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor a escritora Tânia Dantas. Agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor. Conte-nos em sua opinião o que o leitor pode fazer para ajudar a vencermos os desafios encontrados no mercado literário brasileiro?

Tânia Dantas –  Agradeço ao Projeto Divulga Escritor pela oportunidade e pelo espaço disponibilizado para expor minhas “crias literárias”. Um agradecimento a Equipe de Colaboradores, aos leitores e em especial a Coordenadora do Projeto Shirley Cavalcante, pela acolhida, carinho, atenção, envolvimento, compromisso, comprometimento, responsividade e por seu trabalho incessante em prol da cultura literária e pela valorização dos escritores. Solicito aos leitores que curtam, leiam, compartilhem e divulguem sempre, é muito importante espaço como esse para que novos autores possam partilhar seus escritos.


 

Tânia Dantas Gama – Doutora em Educação. Mestre em Ciências da Educação. Especialista em Educação, Desenvolvimento e Políticas Educativas. Especialista em Língua, Linguagem e Ensino. MBA em Gestão Estratégica de Pessoas na Administração Pública. Licenciada em Letras. Pesquisadora Membro do Centro de Estudos e Intervenção em Educação e Formação CeiEF/ULHT. Professora de Pós-Graduação. Assessora pedagógica na rede pública de ensino no Município de João Pessoa e na rede estadual de ensino do Estado da Paraíba. Coordenadora do ProInfo Undime/PB. Avaliadora Educacional SASE/MEC. Membro da Comissão do Plano Estadual de Educação – PEE/PB. Membro do Comitê Institucional do PNAIC/PB. Membro do Comitê Paraibano de Educação em Direitos Humanos. Vice presidente da Comissão do Prêmio Gestores Educacionais (PGE) e Vice presidente da Comissão do Prêmio Professores do Brasil (PPB). Participação ativa: artigos em livros, anais, atas, Redes Sociais, Congressos Nacionais e Internacionais, Seminários, Conferências, Workshop  e Encontros Acadêmicos e Pedagógicos.


Participe do projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Shirley M. Cavalcante, jornalista e radialista, é administradora do projeto Divulga Escritor, Editora da Revista Acadêmica Online, Revista Literária da Lusofonia. Graduada em Comunicação Social pela UFPB, é especialista em gestão empresarial e de pessoas. Acadêmica Correspondente da Academia de Artes Ciências e Letras de Iguaba Grande – RJ, e do CONINTER – Conselho Internacional dos Acadêmicos de Ciências, Letras e Arte, tendo recebido a comenda da Ordem do Mérito Histórico – Literário Castro Alves, por relevantes serviços prestados ao desenvolvimento da literatura Lusófona. Autora do livro: Manual Estratégico de Comunicação Empresarial/Organizacional. http://www.divulgaescritor.com/ ​

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui