Entre romance, traumas, ladrões e uma perseguição do FBI

O paulista Roney Dias lança seu primeiro livro de ficção, O Negro Gato, no qual narra a história de Patrick, um malandro procurado até pelo Pentágono

CapaPoderia uma policial se apaixonar pelo ladrão mais famoso do mundo? O Negro Gato é o livro que vai responder a essa pergunta. O autor paulista Roney Dias relata a vida de Patrick, um jovem geneticamente modificado, que ganha a vida como o vigarista Negro Gato.

Com intrigas do governo americano e projetos supersecretos iniciados na Guerra Fria, esta obra incita os leitores a descobrirem se o gatuno é apenas um trapaceiro ou um verdadeiro herói.

Vivendo à margem da lei, o anti-herói enfrenta inimigos cada vez mais habilidosos e precisa usar toda a inteligência que lhe convêm para manter o disfarce. A situação complica ainda mais quando a policial Kristine o persegue, e ele se apaixona perdidamente por ela.

“ – Parado aí, ladrão!

 – Ladrão não, eu sou ‘o ladrão’, e tenho nome. Se preferir, pode me chamar de ‘Negro Gato’, como sou popularmente conhecido, mas isso você sabe, né, todo mundo comenta sobre mim.”

Com pessoas do Pentágono o procurando para alistá-lo e com, praticamente, todos os policiais dos cinco continentes no encalço, poderia Patrick esconder a verdadeira identidade do Negro Gato de Kristine? E o que ela fará quando descobrir o que ele está escondendo por tanto tempo? 

Ficha técnica:
O Negro Gato
Tamanho: 14×21
ISBN: 978-85-8442-085-8
Páginas: 230
Preço: R$ 29,90
 
Sobre o autor: 
Roney Dias reside em Mogi das Cruzes, São Paulo. Estudou Letras na Universidade Braz Cubas. Tem preferência por leituras no campo da neolinguística e filosofia contemporânea. No momento, finaliza seu segundo livro de ficção, desta vez espacial, e pretende escrever uma aventura de guerra.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui