Em parceria com os filhos, Nando Reis lança nova versão de “O Mundo é Bão, Sebastião”

Sebastião e Theodoro participam da regravação, que comemora os 15 anos da música. O single está disponível nos players digitais

Nando Reis e os filhos Sebastião e Theodoro nos bastidores da regravação de 'O Mundo é bão, Sebastião' (foto: Marcos Hermes)
Nando Reis e os filhos Sebastião e Theodoro nos bastidores da regravação de 'O Mundo é bão, Sebastião' (foto: Marcos Hermes)

Para colocar um sorriso no rosto de um emburrado menino de 6 anos, o pai Nando Reis compôs a letra de “O Mundo é Bão, Sebastião”. A canção acabou indo parar no álbum “A Melhor Banda de Todos os Tempos da Última Semana”, do Titãs, banda da qual o ruivo fez parte. Quinze anos depois, a criança que inspirou a composição do consagrado artista cresceu e fundou a banda 2Reis, ao lado do irmão. Hoje, aos 21 anos, Sebastião irá tocar violão ao lado do pai na nova versão da música, que também conta com os vocais de Theodoro. O trio se uniu ao grupo Os Infernais, em uma reunião que comemora a arte presente no DNA da família Reis. O single está disponível nos players digitais, com direção artística da Musickeria.

“A frase ‘O Mundo é Bão, Sebastião’ veio da Vânia, minha esposa e mãe do Sebastião. Era uma piada nossa, porque ele era um garoto meio mal humorado (risos). Poder regravar a música que fiz para o meu filho, com ele e o irmão, de uma maneira profissional, é bacana demais. Fizemos um arranjo mais lento, mais suave, que abre mais espaço para a música”, explica Nando Reis.

Por uma incrível coincidência, a regravação aconteceu no Companhia dos Técnicos, mesmo estúdio onde nasceu a música, em 2001. O espaço já abrigou gravações de álbuns antológicos do rock nacional e da MPB, como o Acústico MTV Cássia Eller. Foi durante a mixagem deste disco, inclusive, que a dupla sentou ao piano e brincou em cima da letra escrita por Nando, dando vida à composição.

Seguindo a veia musical da família, os irmãos Sebastião e Theodoro já seguem carreira artística e, juntos, formam a banda 2Reis, que participou desta temporada do programa Superstar, da TV Globo. “Eu sempre toquei essa música, mas essa é a primeira vez que eu a gravo. É maravilhoso ter a oportunidade de eternizar ela, ainda mais do que ela já está eternizada em mim. E poder fazer isso ao lado do meu irmão é ainda melhor!”, afirma Sebastião Reis.

Theodoro Reis, de 30 anos, é pai de dois filhos e, para ele, esta experiência foi definitiva para se apaixonar ainda mais pela canção. “Eu sempre gostei muito dessa música, mas quando me tornei pai, virou uma chave em mim. Passei a compreendê-la mais ainda, porque percebi que toda criança vive fases parecidas com as citadas da letra”, conclui Theodoro.