Dia dos Namorados no CCBB

Para celebrar o Dia dos Namorados, 12 de junho, os Centros Culturais Banco do Brasil Brasília e Rio de Janeiro recebem as sessões “O Amor está no Ar”, que trazem grandes sucessos românticos para os cinemas do CCBB Brasília e Rio de Janeiro.

Espaços visitados por estudantes, famílias e pessoas de todas as idades, os Centros Culturais são também ponto de encontro de casais de namorados. Ao longo dos últimos anos, muitas pessoas relataram ter conhecido suas esposas e maridos no CCBB.

Com preços populares, as sessões acontecem em três horários durante o dia dos namorados e para saborearem ainda mais o momento, os espectadores receberão um mimo oferecido pela Smiles.

Serviço

CCBB Brasília e Rio de janeiro

Sessão “O Amor Está no Ar” – 15h, 17h e 19h

15h – Lisbela e o Prisioneiro

Lisbela (Débora Falabella) é uma moça que adora ir ao cinema e vive sonhando com os galãs de Hollywood dos filmes que assiste. Leléu (Selton Mello) é um malandro conquistador, que em meio a uma de suas muitas aventuras chega à cidade de Lisbela. Após se conhecerem eles logo se apaixonam, mas há um problema: Lisbela está noiva. Em meio às dúvidas e aos problemas familiares que a nova paixão desperta, há ainda a presença de um matador (Marco Nanini) que está atrás de Leléu, devido a ele ter se envolvido com sua esposa (Virginia Cavendish).

17h – Shakespeare Apaixonado

O jovem astro do teatro londrino William Shakespeare (Joseph Fiennes) sofre de bloqueio criativo e não consegue escrever sua peça. Um dia, ele conhece Viola De Lesseps (Gwyneth Paltrow), uma jovem que sonha em atuar, algo proibitivo no final do século XVI. Para burlar o preconceito e ter sua chance, Viola se disfarça de homem e começa a ensaiar o texto de Will, que começou a fluir e passou a dar vazão ao amor entre os dois. O que eles não contavam era com o casamento arranjado pela família entre Viola e Lorde Wessex (Colin Firth)

19h – A Rosa Púrpura do Cairo

Em área pobre de Nova Jersey, durante a Depressão, uma garçonete (Mia Farrow) que sustenta o marido bêbado e desempregado, que só sabe ser violento e grosseiro, foge da sua triste realidade assistindo filmes. Mas ao ver pela quinta vez “A Rosa Púrpura do Cairo” acontece o impossível! Quando o herói da fita sai da tela para declarar seu amor por ela, isto provoca um tumulto nos outros atores do filme e logo o ator que encarna o herói viaja para lá, tentando contornar a situação. Assim, ela se divide entre o ator e o personagem.

Ingresso: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia)

Centro Cultural Banco do Brasil Brasília
Cinema
Lotação: 70 lugares
SCES Trecho 2, Lote 22 – Asa Sul,
Brasília – DF 
Telefone: (61) 3108-7600
www.bb.com.br/cultura

Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro
Cinema I
Lotação: 100 lugares
Rua Primeiro de Março, 66
Centro – Rio de Janeiro – RJ
Telefone: (21) 38082020
www.bb.com.br/cultura

 

DEIXE UM COMENTÁRIO