Deezer terá cartão pré-pago operado pela epay Brasil

Pré-paga é opção para quem não tem cartão de crédito

Controle de gastos com consumo de música e entretenimento na internet também é razão para consumidores optarem por pré-pago 

A Deezer é uma plataforma de streaming de áudio que permite descobrir e ouvir músicas nos mais diversos dispositivos. Através do aplicativo seus usuários podem desfrutar, ilimitadamente de mais de 40 milhões de músicas, e contar com recursos exclusivos como o FLOW, que gera uma sequência de músicas personalizadas, o Lyrics que permite acompanhar as letras das músicas no celular e até ouvir podcasts brasileiros e internacionais. Além de ter acesso a milhares de playlists e mixes é possível ainda fazer upload de arquivos de MP3 do seu computador para sua conta Deezer e ouvir quando quiser.

Para desfrutar da música ilimitada, a Deezer possui duas ofertas: a gratuita que possui limitações de funcionalidades e a oferta Deezer Premium, pela qual pode-se ter acesso a funcionalidades de escuta off-line, isto é quando estiver sem conexão com a internet, ouvir músicas sem interrupções ou anúncios e em contar com áudio em alta qualidade.

A epay Brasil, empresa do grupo Euronet e maior operadora de conteúdo pré-pago do país, lançará juntamente com a Deezer, na próxima semana, cartões pré-pagos para oferta Premium. O objetivo é permitir que usuários que não tenham cartão de crédito ou não queriam utilizá-lo , possam aderir ao serviço de forma simples e rápida. “O objetivo é ampliar as opções de pagamento permitindo que qualquer pessoa interessada possa aderir ao serviço de forma simples e rápida.” comenta Dani Porto, gerente de marketing no Brasil.

O cartão Deezer terá três valores: R$15,00, R$45,00 e R$90,00 que darão acesso a um mês, três meses e seis meses respectivamente, e será vendido no Extra, Pão de Açúcar, Saraiva, FNAC e Marisa – redes que já têm contrato com a epay e também comercializam outros cartões pré-pagos ativados pela empresa.

Para o varejo,o aumento de conteúdo pré-pago é sinônimo de aumento de mix e rentabilidade, uma vez que as margens são um grande atrativo desta categoria e com o benefício de não ter estoque nem custo nenhum de implementação. “Em tempos em que as margens varejistas estão diminuindo, a venda de pré-pago é uma excelente estratégia”, diz Rogério Lima, diretor de marketing da epay Brasil.

DEIXE UM COMENTÁRIO