Criolo agita público em show na Lapa

Show \ Foto: Pedro Drago

Existe amor na Fundição Progresso. E ele foi apresentado ao público carioca, na noite de ontem (7), em forma de música e arte, no primeiro dia de WebFestValda, com shows de Onze:20, 10 bandas independentes e da atração principal, Criolo.

O Festival de bandas independentes, que é o maior do Brasil e chega à sua quarta edição seguida, começou cedo. Os portões da Fundição foram abertos às 20h para dar início à disputa da seleção da noite. 10 bandas se apresentaram na primeira semifinal, que selecionou 5 para a grande final, que será realizada no próximo sábado (9), no mesmo local.

Cadillac S.A, Doutor Jupter, Karibu, Periferia a massa e Semente de Vulcão, as 5 selecionadas, levantaram os presentes com músicas autorais e releituras, mostrarando que é possível fazer bom som, cada um ao seu ritmo, e contagiar o mesmo público.

Mas a noite não contou só com experimentação musical. Enquanto as apresentações aconteciam no palco, nas outras dependências da casa de show quem passava respirava arte. Exposições, como as do fotógrafo e músico Mike Will e a da ilustradora Lívia Prata eram colírio para quem parava para observar as obras impactantes. E, ao lado, um grafite sendo criado em live art pelo renomado artista Acme, que pintava um homem com um fuzil em uma mão e a tocha olímpica na outra, exalava um ar de protesto.

Os shows

No palco da Fundição, a banda Onze:20 começava seu show tocando o amor e amolecendo corações. Com uma setlist recheada de músicas românticas, como ‘Pra Você’ e ‘Querendo te encontrar’, os mineiros de Juiz de Fora foram trilha sonora para diversos beijos apaixonados de casais da plateia.  

Já na madrugada de sexta-feira, subia ao palco a principal atração da noite, Criolo. Com a Fundição ainda cheia e o público em êxtase, mostrando que não arredariam o pé mesmo que tivessem que trabalhar cedo no dia seguinte, o cantor começou o show com “Convoque seu Buda”, música de seu CD com o mesmo nome.

O show seguiu com diversos sucessos, como Subirusdoistiozin, Esquiva da Esgrima e Bogotá. Com uma apresentação performática, o Criolo convidava todos a dançarem junto com ele enquanto cantavam alto suas músicas de letras marcantes. Como um maestro, também chamou o público para entonar gritos de ordem contra homofobia, racismo e outras injustiças. E recebeu em troca a voz alta de um público engajado. A apresentação terminou com o seu sucesso “Não Existe Amor em SP”, e com uma certeza entre os presentes: ainda há tempo.

O WebFestValda

Esse ano, o Festival, promovido pela marca Valda, contará ainda com mais dois dias. Hoje (8), sobem ao palco da Fundição Progresso mais 10 bandas, disputando 5 vagas na final de amanhã (9), além do grupo ConeCrewDiretoria e do rapper Marcelo D2. A finalíssima terá também shows das bandas Suricato e Paralamas do Sucesso, encerrando a série de shows. Ainda é possível encontrar ingressos no site da Fundição Progresso e na bilheteria do local. Quem não puder estar lá, pode acompanhar tudo ao vivo pelo site do WebFestValda.