“A cozinheira, o bebê e a dona do restaurante” reestreia no Teatro Ipanema

foto: Bruno Fochi
foto: Bruno Fochi

Sucesso de público e crítica em 2012 (recomendado com cinco estrelas pela revista Veja Rio), o infantil A Cozinheira, o Bebê e a Dona do Restaurante, da Companhia do Gesto, voltou aos palcos cariocas dia 14 de maio, sábado, no Teatro Ipanema, em Ipanema. A peça ficará em cartaz até o dia 10 de julho, sempre aos sábados e domingos, às 16h, com ingressos a preços populares.

A receita é, no mínimo, inusitada: linguagem cênica ousada com sonoplastia e ritmo frenético de desenho animado.  Como nos demais espetáculos da Companhia do Gesto, a fala fica em segundo plano, dando espaço a linguagens cênicas não convencionais. A peça foi criada a partir do roteiro original do ator Ademir de Souza (prêmio Zilka Sallaberry de melhor ator/2008), ele mesmo responsável pela sonoplastia da peça no palco. Em cena, duas mulheres – a Dona do Restaurante e a Cozinheira (respectivamente Tânia Gollnick e Cecília Ripoll) –, veem sua rotina de trabalho e sua relação cotidiana transformadas pelo aparecimento de um bebê à porta dos fundos do restaurante. Toda a ação acontece na cozinha, com as duas mulheres divididas entre atender os clientes, cozinhar e cuidar do bebê. Tudo regido pela enigmática figura de um maestro-sonoplasta, que executará as sonoridades em sincronia com a movimentação das atrizes, no próprio palco.

O espetáculo utiliza-se de máscaras criadas pela própria Cia do Gesto para o desenvolvimento dos personagens durante o processo de pesquisa e criação cênica. Com direção de Luis Igreja, a montagem resgata a estética dos desenhos animados clássicos dos anos 40 a 60, baseada na ausência de diálogos, muita música e rica sonoplastia. Diretor também dos programas “Tem criança na cozinha”, do Gloob, e de “Em família”, do Canal Saúde, Igreja se diverte com a mistura das plataformas:

– Levamos a animação do cinema para o teatro e a linguagem do teatro para a TV. A receita acaba ficando mais refinada em todos os sentidos, observa.

A Cozinheira, o Bebê e a Dona do Restaurante dá  sequência a uma premiada trajetória de pesquisa sobre linguagens cênicas não convencionais da Companhia do Gesto, que nos últimos anos produziu espetáculos infantis de grande sucesso de público e crítica como “Procura-se Hugo”, “Fábulas dançadas de Leonardo Da Vinci”, “Maria Eugênia” e “Claún! Palhaços Mudos”.

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Ademir de Souza
Direção: Luis Igreja
Elenco: Cecília Ripoll,, Tania Gollnick e Ademir de Souza
Assistente de direção: Cecília Ripoll
Direção de movimento: Natasha Mesquita
Pesquisa e execução da sonoplastia: Ademir de Souza
Preparação Musical e Vocal: Isadora Medella
Músicas originais: Isadora Medella e Paula Leite
Concepção de Trilha sonora: Isadora Medella
Figurinos: Mauro Leite
Cenografia: Doris Rollemberg
Bonecos e objetos de cena: Ademir de Souza
Pesquisa, criação e confecção de máscaras: Tania Gollnick
Fotos e audiovisual: Bruno Focchi
Programação visual e ilustrações: Miguel Carvalho
Direção de Produção: Ana Carina
Produção e Realização: Companhia do Gesto

SERVIÇO:

“A COZINHEIRA, O BEBÊ E A DONA DO RESTAURANTE” – INFANTIL

A temporada vai de até o dia 10 de julho, sempre aos sábados e domingos, às 16h
Local: Teatro Ipanema
Endereço: Rua Prudente de Morais 824  – Ipanema
Tel: (21) 2267-3750
Capacidade: 222 lugares
Classificação: Livre
Duração: 90 minutos
Ingresso: R$30,00 / R$15 (meia) / Passaporte Olímpico (meia)
Facebook: www.facebook.com/teatroipanema

DEIXE UM COMENTÁRIO