Contos do Mar em única apresentação no Sesc Tijuca

foto: Leonardo Cavalcante
foto: Leonardo Cavalcante
O mar leva e traz, o mar adormece e acorda com seu canto de mistérios e lendas, desde a sereia mais cruel até o pirata mais doce. O mesmo mar que banha o Rio de Janeiro é o mar que banha as costas do Uruguai. E quando os atores da Cia. Quatro Manos percebem que passaram suas férias de infância mergulhados no mesmo mar, não têm dúvida: contam contos que acontecem no mar. 
 
O texto do espetáculo é composto a partir de vários contos populares de autores anônimos. O universo fantástico das fábulas e dos contos antigos nos inspirou a construir duas histórias que são o eixo principal do espetáculo, que no final se juntam formando uma grande narrativa. Utiliza-se contos de diversos países: Japão, Itália, Brasil e Hungria.
 
Teatro e literatura, sua importância…
O espetáculo CONTOS DO MAR é um instrumento alternativo na formação cultural das crianças, pois todos os elementos cênicos tem o objetivo de estimular a imaginação e a criatividade, além de conscientizar as crianças sobre a importância da arte e da literatura no mundo atual, travando com isso um dialogo entre a magia da leitura e o ambiente cotidiano da criança hoje em dia.
 
Serviço:
Sesc Tijuca – Teatro I –  Rua Barão de Mesquita, 539, Tijuca – Tel.: 3238-2164
18 de setembro – domingo – 16h
Ingressos: R$ 8,00 e R$ 4,00
Classificação livre e indicativa para todas as idades
Duração: 60 minutos
 
Ficha técnica
Elenco: Florencia Santángelo e Marcos Camelo
Direção Flavio Souza
Produção local e assessoria deimprensa: Claudia Bueno


Cia Quatro Manos  – Porque contar histórias?
Nós da basicamente vivemos de historias, vivemos apenas no tempo deduração da cena, até o momento que a história chegar ao fim. Contar uma história é apenas uma desculpa para falar sobre as coisas que nos surpreendem, que nos encantam, que amamos e que admiramos. É contando histórias que falamos também sobre as coisas que nos assustam, que nos dão medo, das coisas que não gostamos. E quando falamos sobre nós, falamos sobre o mundo, e quando falamos sobre o mundo… bem, se você está nesse mundo aqui e agora falamos sobre você. E duvidamos que você não goste de uma historia que pode falar de você e para você.

DEIXE UM COMENTÁRIO