Conheça os tipos e benefícios dos biscoitos

Hoje é Dia do Biscoito. Para comemorar essa data saiba mais sobre essa delícia

Doce, recheado, cream cracker ou Maria, os biscoitos fazem sucessos em qualquer idade e são um dos snacks mais apreciados pelos brasileiros. Sua origem é antiga, e acredita-se que tenha sido produzido desde a época dos faraós, no Egito, e surgido após a mistura acidental do trigo triturado com água, que posteriormente passou por secagem ao forno, resultando no biscoito.

O termo “biscoito” em latim significa “cozido duas vezes”, já que o alimento era assado por duas vezes para retirar a umidade e durar mais tempo. Segundo a legislação brasileira, tanto biscoito quanto bolacha referem-se ao mesmo produto.

Tipos de biscoitos:Biscoito_natue

Atualmente, existem mais de 200 tipos de biscoitos, como cookies e sequilhos, que variam, não apenas no formato, mas também nas combinações de sabores. Confira alguns:  

Biscoito sem glúten: elaborados com ingredientes livres dessa proteína, presente naturalmente no trigo, centeio, cevada e malte, além da aveia que é contaminada durante o processo de produção. Pode ser feito com farinha de arroz, por exemplo, e seu consumo é indicado para pessoas com doença celíaca ou que querem evitar a ingestão de glúten.

Biscoitos light: os alimentos light devem ter redução de 25% de algum nutriente, seja sódio, gorduras ou até calorias em relação ao alimento similar, por isso, os biscoitos light podem ser indicados para pessoas que precisam controlar a ingestão de sódio, açúcar, gorduras ou calorias.

Biscoitos diet: não contêm adição de açúcar, por isso, podem ser consumidos por pessoas com diabetes ou que desejam controlar a ingestão desse ingrediente.

biscoito_povilhoBiscoito de polvilho: também é uma opção sem glúten, já que é elaborado a partir da mandioca. Leve, crocante e com poucas calorias, pode ser consumido por pessoas que buscam opções mais saudáveis para o lanche.  O biscoito de polvilho é encontrado em diversos sabores, como queijo e cebola.

Biscoito recheado ou com cobertura: são opções que levam, principalmente, o chocolate na composição, que serve como cobertura ou recheio do biscoito. Prefira as opções livres de gordura hidrogenada.

Biscoitos funcionais: são elaborados com ingredientes funcionais, como biomassa de banana verde, cacau, farinhas funcionais, como farinha de maracujá e farinha de berinjela, açúcar de coco, amaranto, quinoa, chia, linhaça, óleo de coco, gengibre e canela. Alguns biscoitos também podem ser feitos sem leite, sendo livre de proteínas e sem lactose, indicados para pessoas com intolerâncias alimentares.

Os biscoitos são ótimas opções para serem consumidas no café da manhã ou nos lanches intermediários. Mas, fique atento a sua composição e prefira sempre os biscoitos mais saudáveis, livres de gorduras trans, conservantes e aromatizantes artificiais.

natue

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO