Coletivo Nopok faz temporada de “Deslizes” no Teatro Ziembinski

Formado pelos artistas Daniel Poittevin e Fernando Nicolini, o Coletivo Nopok faz temporada do espetáculo “Deslizes”, de 2014, com direção de Renato Linhares, no Teatro Ziembinski. A apresentação integra o Circuito Cultural Rio, idealizado pela Secretaria Municipal de Cultura e pela Prefeitura do Rio, para a programação cultural dos períodos Olímpico e Paralímpico, que vai de maio a setembro de 2016. De 14 a 22 de maio, sexta a domingo às 20h.

O processo de montagem do espetáculo Deslizes apostou no improviso, na comédia física e nas inúmeras possibilidades de relacionar-se com os objetos cênicos e com o outro. Deslizesfaz uso das técnicas acrobáticas e de equipamentos novos dentro da pesquisa circense do grupo, como a bicicleta acrobática e a mesa deslizante.

O diretor Renato Linhares imprimiu sua identidade construindo um espetáculo que deixou de lado a palavra para buscar a expressão máxima dos corpos, no virtuosismo acrobático e no silêncio provocador de certo incômodo. Observa-se uma cena desprendida de beleza e mergulhada na tensão, promovida pela expressão máxima do olhar e pela explosão do movimento.

Neste encontro, o Coletivo Nopok é enriquecido pela experiência daqueles que fazem parte da equipe do projeto. Entre os elementos que materializaram o espetáculo está o cenário vislumbrado por Aurora dos Campos, que num maravilhoso tropeço criou superfícies e definiu lugares mapeando a cena.  A trilha composta por Arturo Cussen se destaca por ser um híbrido entre os sons da rua e o imaginário do circo. “No espetáculo, Arturo nos revela a música que dá humor por si só e nos embala em círculos fantásticos”, diz Daniel Poittevin. A preparação corporal é de Alice Ripoll e o treinamento acrobático ficou a cargo de Alexandre Souto que traz sua experiência cômica do circo tradicional. O figurino foi idealizado pela estilista Karlla Tavares.

“O sentido da peça não está na construção, e sim nos buracos extremamente surpreendentes que se criam, quando nos cai o chão, quando nos viram o teto. Vamos nos expor na rua dos passantes, dos amigos. Somos buscadores e o que tocamos escorrega da mão. E dando as mãos seguimos até o próximo deslize”, revela Fernando Nicolini.

Sinopse:
O espectador se depara com dois homens, ora amigos, ora irmãos, ora meros desconhecidos ou até rivais. A cena é composta pela presença desses dois personagens, que se relacionam entre si, com os objetos e com o espaço. Eles lançam mão das técnicas acrobáticas e de uma comicidade silenciosa e provocativa cujo olhar expressa o tom, a direção e a intenção de cada um deles.

Deslizes parece contar a história de dois velhos e grandes amigos que, sem o uso da palavra falada, comunicam-se com o público e entre si através de um jogo físico, um jogo que lembra as brincadeiras clássicas de amigos meninos que brincam de brigar, que dialogam e expressam afetividade em pequenas provocações físicas, desafios e intimidações.

CIRCUITO CULTURAL RIO
Idealizado pela Prefeitura do Rio, o Circuito Cultural Rio conta com mais de 700 atrações, selecionadas e patrocinadas por meio dos editais da Secretaria Municipal de Cultura, que serão apresentadas em mais de 100 espaços culturais espalhados por toda a Cidade, além dos eventos que acontecem ao ar livre. Com peças de teatro, exposições, shows, espetáculos de dança, atrações circenses, eventos de gastronomia, manifestações de rua, saraus, bailes e afins, o Circuito Cultural Rio vai possibilitar uma experiência integral da diversidade cultural carioca. 

SERVIÇO

Infanto-juvenil e Adulto– todas as idades
Gênero: Circo
Teatro Ziembinski
Endereço: Rua Heitor Beltrão, s/nº – Tijuca (próximo ao metrô São Francisco Xavier)
Informações: 2254-5399
Horário: 6ª feira a domingo às 20h
Ingressos: R$20 e R$10 (meia)
Duração: 50 minutos
Classificação etária: Livre
Site: http://coletivonopok.blogspot.com.br/

FICHA TÉCNICA

Direção: Renato Linhares
Elenco: Daniel Poittevin e Fernando Nicolini
Preparação corporal: Alice Ripoll
Preparação técnica: Alexandre Souto e Julio Nascimento
Cenário: Aurora dos Campos
Trilha sonora original: Arturo Cussen, Lancaster Pinto e Alexis Graterol
Figurinista: Karlla Patricia
Produção Executiva: Cida de Souza
Fotografia: Renato Mangolin
Design Gráfico: Caco Chagas
Vídeo: Suma Filmes
Realização: Nopok Produções Artísticas e Culturais

DEIXE UM COMENTÁRIO