Coleção Canal Brasil lança box com canções de Lupicínio Rodrigues

Eduardo Canto e Roberto Menescal revisitam repertório do compositor

Roberto Menescal e Eduardo Canto
Roberto Menescal e Eduardo Canto

Lupicínio Rodrigues é um ícone da música que chora pelo amor perdido. Inspirado em suas próprias desventuras amorosas, o compositor deixou um repertório clássico quando o assunto é dor de cotovelo, termo que popularizou. Em 2014, ano de seu centenário, Eduardo Canto e Roberto Menescal se reuniram em um estúdio, no Rio de Janeiro, para revisitar a obra do compositor em formato voz e violão. O público poderá conferir o resultado em “Lupicínio Rodrigues por Eduardo Canto e Roberto Menescal” (box com DVD e CD), criação, pesquisa e roteiro de Karla Maria e dirigido por Oswaldo Montenegro, que a Coleção Canal Brasil acaba de lançar.

Roberto Menescal e Eduardo Canto
Roberto Menescal e Eduardo Canto

Em uma apresentação intimista, Eduardo e Menescal  revelam histórias e casos vividos por Lupicínio e que deram origem a muitas de suas músicas. “Esses Moços”, por exemplo, traz uma letra-conselho para um amigo que havia acabado de agendar o próprio casamento. “Se eles julgam que há um lindo futuro/ Só o amor nesta vida conduz/ Saibam que deixam o céu por ser escuro/ E vão ao inferno à procura de luz”, diz a letra. “Lupicínio na hora ganhou uma inimiga: a noiva”, diz Eduardo Canto.

Com arranjos e direção musical do próprio Menescal, o repertório abrange 14 das  principais canções do compositor nascido no Rio Grande do Sul. Estão lá: “Foi Assim”, “Cadeira Vazia” (em parceria com Alcides Gonçalves), “Loucura”, “Um Favor”, “Nervos de Aço”, “Vingança”, “Ela Disse-me Assim” e “Felicidade”, entre outras. O DVD se encerra com uma frase que resume a filosofia de vida de Lupicínio: “Eu não sou músico. Não sou cantor. Não sou nada. Sou apenas um grande boêmio, eternamente apaixonado”.

O cantor EDUARDO CANTO: Eleito um dos 3 Melhores Cantores Populares do Brasil,  pelo Prêmio de Música Brasileira,  em 1999 o cantor Eduardo Canto resolveu mudar  seu segmento, e passou a direcionar seu trabalho ao resgate da nossa música, o que já lhe rendeu a Medalha Pedro Ernesto, um CD com Roberto Menescal e apresentações em Washington, Georgia e Nova York.

Os shows de Eduardo encantam não só pela bela voz de barítono do cantor ou pelo repertório selecionado, mas também por um diferencial: em todos os shows Eduardo conta as histórias das canções e  de seus compositores. Atualmente Eduardo Canto  comemora o sucesso dos CDs “Serestas, Histórias & Canções”, “Samba De Mestre” e “Lupicinio Rodrigues Por Eduardo Canto”,  cujo show está em cartaz desde 2003 e acaba de lançar os CDs “Sentimental Demais – As Canções De Jair Amorim & Evaldo Gouveia” e “Nelson Gonçalves – A Volta Do Boêmio”.

Roberto Menescal e Eduardo Canto
Roberto Menescal e Eduardo Canto

Desde Setembro de 2003 está relembrando Lupicinio Rodrigues, onde Eduardo Canto lembra um pouco da vida do compositor, suas histórias e canções, com shows que já passaram por vários espaços, onde destacamos o Morro da Urca, Canecão, Teatro Rival  e Kennedy Center, em Washington (EUA). Em junho e julho de 2013 Eduardo esteve em turnê em Nova York e de janeiro à março de 2015 na Georgia.

Eduardo Canto está lançando, pelo Canal Brasil, o box “Lupicinio Rodrigues – 100 Anos de Histórias & Canções” com arranjos e direção musical de Roberto Menescal, que também participa tocando todas as músicas, e direção geral de Oswaldo Montenegro.

SERVIÇO:

LANÇAMENTO DO BOX 

LUPICINIO RODRIGUES – SUAS HISTÓRIAS & CANÇÕES
Com Eduardo Canto e Roberto Menescal
Direção geral: Oswaldo Montenegro
Dia 07 de julho – 3ª feira – A partir das 18h
Na Buteco Cultural
Na Rua Real Grandeza, 170 – em Botafogo – RJ
(quase esquina com a Rua Voluntários da Patria)
Reservas e informações: 2537-1455

 

DEIXE UM COMENTÁRIO