Cineasta de ‘Matrix’ anuncia que é mulher transgênero

A dupla de cineastas responsável por “Matrix” e conhecida como os irmãos Wachowski, agora será oficialmente chamada de irmãs Wachowski. O motivo é que, recentemente, a mais nova das duas anunciou que ela é uma mulher transgênero e que seu nome não é mais Andy, mas sim Lilly.

A afirmação foi divulgada por meio de um texto da norte-americana de 48 anos publicado pelo jornal LGBT “Windy City Times” e acontece 4 anos após sua irmã Lana, anteriormente conhecida como Larry, ter anunciado a sua transição de gênero. No texto de Lilly, a cineasta conta que decidiu fazer o anúncio publicamente depois de ter sido pressionada por outros veículos, citando diretamente o tabloide britânico “Daily News”, que mandou um de seus repórteres bater na porta da casa dela exigindo uma entrevista. “Aparentemente eu não tenho o direito de decidir isso”, conta a diretora afirmando que não teve a chance de poder fazer seu anúncio quando se sentisse mais confortável.

Além disso, Wachowski ainda falou de como é difícil não se identificar com o sexo com o qual nasceu e criticou a binaridade de gêneros (homem e mulher) que é tão forte e presente na sociedade. “Ser uma pessoa transgênero não é fácil. Nós vivemos em um mundo majoritariamente binário em relação a gêneros. Isso significa que quando você é trans você tem que enfrentar a dura realidade de viver o resto da sua vida em um mundo que é hostil com você”.

Por fim, a cineasta ainda agradeceu o apoio da irmã, que já passou por uma situação como essa, dos seus familiares e amigos mais próximos e se disse muito sortuda por também ter condições para pagar tratamentos e terapias. As irmãs Wachowski ficaram conhecidas com o sucesso da trilogia de “Matrix”, com o filme “A Viagem” e com a aclamada série do Netflix, que se encaminha para sua segunda temporada, “Sense8”.
   ANSA

DEIXE UM COMENTÁRIO