“Chão de Estrelas: Trio Júlio e Lúcia Helena em Seresta”

Trio Júlio e Lúcia Helena (foto: Cyntia C)
Trio Júlio e Lúcia Helena (foto: Cyntia C)

Em “Chão de Estrelas”, os irmãos instrumentistas Marlon (7 cordas), Maycon (bandolim) e Magno (percussão), integrantes do Trio Júlio e a cantora Lúcia Helena Weiss trazem ao Centro de Música Carioca, no sábado, 17 de setembro, às 16 horas, uma tarde de Choro e Seresta.  O grupo pretende mostrar amplo recorte do repertório característico, trazendo também, a cada apresentação, composições contemporâneas que contribuem para sua vitalidade. Serão visitados os clássicos do gênero como Cândido das Neves, Orestes Barbosa, Custódio Mesquita, Pixinguinha, Cartola, Ismael Silva, Nelson Cavaquinho, Guilherme de Brito, Vinícius de Moraes, Catulo da Paixão Cearense, Capiba e Peter Pan, ao lado da nova safra de compositores como Vidal Assis, Maurício Carrilho e Pedro Amorim e de obras do próprio Trio, que mantém aceso o candeeiro da Seresta.

As origens da Serenata, na qual instrumentistas e cantores saiam pela madrugada a cantar e tocar versos de amor para suas amadas, remontam às antigas tradições boemias dos trovadores e menestréis europeus.  Os cronistas medievais relatam que em Portugal e Espanha essa prática já existia muito antes do lampião a gás, à luz da lua, e o costume chegou ao Brasil com os portugueses.  Já a Seresta, filha da serenata, é nome usado na Brasil a partir do início do século XX, para as reuniões de músicos e amigos que se dedicam ao cultivo de belas melodias, inspirada poesia e ternos sentimentos. Essa tradição cobra dos cantores um espírito romântico e a voz livre e dos instrumentistas, geralmente chorões de formação, a maestria em sua arte.

Todos estão convidados a participar conosco dessa deliciosa Seresta, ouvindo lindos choros e juntando suas vozes às nossas  em canções como “Chão de Estrelas”, que dá nome ao show, “Rosa”, “As Rosas não Falam”, “A Deusa da Minha Rua”, “Ontem ao Luar”, “Noite Cheia de Estrelas”, e muito mais.

O Projeto TARDES DE SERESTA
O projeto “Tardes de Seresta”, reunirá seresteiros no salão nobre do Palacete Garibaldi, localizado no Centro da Música Carioca Artur da Távola. A cada edição entoarão músicas do cancioneiro popular brasileiro fazendo lembrar as tradicionais serenatas onde cantores entoavam as canções de apelo sentimental vagando pelas ruas e parando nas janelas das suas namoradas. O repertório será regado de choros, valsas, modinhas e sambas-canções.

SERVIÇO:
Sábados às 16h
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Onde:  Centro de Música Carioca Artur da Távola – Salão Nobre do Palacete Garibaldi
Endereço: Rua Conde de Bonfim, 824 – Tijuca (Próximo Metrô Uruguai)
Rio de Janeiro – RJ
Telefone: (21) 3238-3831

PROGRAMAÇÃO

Dia 3/09 – Deise Vieira
A cantora já participou e participa de vários espaços culturais e eventos, como Viradão, Lona Cultural Jacob do Bandolim, Dorina Ponto do samba, Teatro Rival, Teatro Carlos Gomes, Palco sobre Rodas e Centros Municipais. Já cantou com grandes artistas, Eliana Pittman, Bebeto, Claudete Soares, entre outros. No repertório, músicas de Emilinha Borba, Dolores Duran, Maisa e Dorival Caymmi.

Dia 10/09 – Gelma Lopes, Anísio Lemos e Elisa Azevedo
No repertório, clássicos da MPB, Eu sei que vou te amar (Tom Jobim e Vinicius de Morais), As rosas não falam (Cartola), O mundo é um moinho (Cartola), Estrada do Sol (Dolores Duran e Tom Jobim), Emoções (Roberto Carlos e Erasmo Carlos), Nunca (Lupicínio Rodrigues), Onde anda você (Vinícius de Morais e Hermano Silva).

Dia 17/09 – Chão de Estrelas: Trio Júlio e Lúcia Helena em Seresta
No show serão visitados os clássicos do gênero como Cândido das Neves, Orestes Barbosa, Custódio Mesquita, Pixinguinha, Cartola, Ismael Silva, Nelson Cavaquinho, Guilherme de Brito, Vinícius de Moraes, Catulo da Paixão Cearense, Capiba e Peter Pan, ao lado da nova safra de compositores como Vidal Assis e Pedro Amorim e de obras do próprio Tr.

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO