CHA Hotéis lança programa “Quanto vale o conforto?”

Em programa da rede hoteleira, o cliente decide o preço da diária no check-out; parte do valor será revertido para a ASID Brasil, a fim de auxiliar pessoas com deficiência

Dom Capudi, (Bombinhas - SC)
Dom Capudi, (Bombinhas - SC)

Uma atmosfera agradável que rodeia o ser humano. Este é um dos conceitos para a palavra “conforto”, que ganha mais significado quando aliada à solidariedade. Tendo esta ideia em mente, a Cadeia de Hotéis Associados (CHA), rede de gestão hoteleira que objetiva fortalecer a administração de hotéis independentes e familiares, promove um serviço inovador no segmento hoteleiro, o Programa “Quanto vale o conforto?”, em parceria com o projeto Check-Out Solidário, da Ação Social para Igualdade das Diferenças (ASID Brasil).

“Passamos ao cliente o poder decidir o quanto valeu a sua hospedagem e esta decisão será no momento do check-out. Ele vai decidir o valor a ser pago pelo pernoite em função da sua concepção de conforto. É também uma forma de valorizar o cliente”, explica Roseli Capudi, diretora de desenvolvimento e marketing da rede, que conta com onze estabelecimentos hoteleiros espalhados pelo Sul do país e em Minas Gerais.

“A ideia do presidente da rede, Geraldo Linzmeyer, é provocar uma mudança de comportamento no setor hoteleiro. A forma que o programa está sendo concebido é inédita e revolucionária. Existem algumas iniciativas similares na Europa, em que o cliente, antes de se hospedar, negocia previamente o valor com o hotel. No Programa “Quanto vale o conforto?”, da CHA Hotéis, a novidade é que o hóspede decide o preço da diária no check-out, após avaliar o serviço”, evidencia Roseli.

O programa é valido para todos os estabelecimentos da CHA Hotéis, de domingo para segunda-feira (uma diária), no período de inverno, de 19 de junho a 22 de setembro. O cliente que chegar na recepção ou que fizer a reserva por e-mail ou telefone, deve informar uma palavra-chave e o meio de comunicação em que conheceu o programa. Para acessar a palavra-chave, é necessário curtir a página da CHA Hotéis no Facebook (www.facebook.com/chahoteis), curtir e compartilhar a postagem sobre o tema e solicitá-la em mensagem privada. O programa não contempla o setor corporativo; o café da manhã é pago à parte.

Um olhar para o próximo

Parte do valor da hospedagem (5%) arrecadada no Programa “Quanto vale o conforto?” será revertida para o projeto Check-Out Solidário, da Ação Social para Igualdade das Diferenças (ASID Brasil). Trata-se de uma organização sem fins lucrativos que, desde 2010, trabalha com a missão de transformar a realidade da pessoa com deficiência no Brasil, desenvolvendo uma gestão qualificada para escolas e centros de atendimento filantrópicos para a pessoa com deficiência, atendendo de maneira gratuita estas instituições.

Desde sua fundação, em 2010, a ASID já atendeu cerca de 70 instituições e beneficiou mais de 12 mil pessoas, contando com mais de 1,5 mil voluntários. “O objetivo da parceria será melhorar a qualidade de vida da pessoa com deficiência (PcD). A instituição beneficiada será definida após o término do programa. A ideia é contemplar ações em Joinville (SC), onde fica a sede da CHA Hotéis”, informa Roseli.

DEIXE UM COMENTÁRIO