Cecília Leite lança CD “Enquanto a Chuva Passa” na Sala Baden Powell, com entrada franca

Com 12 faixas, arranjos contemporâneos, cantora maranhense interpreta canções que vão do samba, ao choro, da embolada ao tango, passando por interessantes misturas rítmicas

Capa do cd Enquanto a chuva passa – Foto: Ayrton Valle
Capa do cd Enquanto a chuva passa – Foto: Ayrton Valle

Com patrocínio da CEMAR, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Governo do Maranhão, a cantora maranhense Cecília Leite traz ao Rio o show de lançamento do seu segundo álbum,Enquanto a Chuva Passa, dia 30 de setembro, às 20h, na Sala Baden Powell. O ingresso é gratuito, mediante a doação de um livro infanto-juvenil na bilheteria do teatro. Os livros serão destinados a bibliotecas comunitárias, como forma de incentivo à leitura.

Enquanto a chuva passa foi premiado como Melhor CD de 2015 pela Rádio Universidade FM/MA e recebeu Menção Honrosa nacional entre os Melhores Discos do Ano, pelo prestigioso site Embrulhador.com.

 No show, Cecília Leite empresta sua voz e sua interpretação personalíssima às canções do novo álbum, além de músicas de expoentes consagrados da MPB, compondo uma seleção musical que inclui Chico Buarque, Vinícius de Moraes, Paulinho da Viola, Tom Jobim, Cartola, Alceu Valença, Caetano e Milton Nascimento, além dos maranhenses Zeca Baleiro, Bruno Batista, José Chagas e Ferreira Gullar. Também no repertório, o tocante choro-canção de autoria da artista, que dá nome ao disco.

Mais que uma excelente cantora, Cecília Leite é uma  excelente intérprete, uma vez que a cada canção que canta, empresta uma expressão especial; por assim, dizer, a recria. A sua interpretação no CD do poema (Traduzir-se) musicado por Fagner me emocionou.  (Ferreira Gullar – poeta)          

Um belo disco. Arranjos, repertório, músicos de primeira. Cecília está cantando lindamente. E desconfio que a melhor música do disco é mesmo a dela (Enquanto a Chuva passa). Para mim, é a “Se é pra dizer adeus”, que o Tom Jobim teria feito se fosse mulher.  (Chico Buarque – cantor e compositor)

Adorei o disco. Tudo muito bem cuidado, arranjos, produção, repertório. Tem dó (primeira faixa do CD) está linda, tocante mesmo. E Cecília, cantando cada vez melhor.  (Zeca Baleiro – cantor e compositor)

Chico acabou apadrinhando uma cantora de expressivo talento, que prima pelo bom gosto e pela inteligência.   (Lauro Lisboa Garcia- jornalista/O Estado de São Paulo)

Sobre o CD Enquanto a Chuva Passa:

Gravado no estúdio Visom, no Rio, o CD Enquanto a Chuva Passa traz 12 faixas, entre inéditas e regravações, revestidas com uma roupagem universal em arranjos contemporâneos. Neste segundo CD, Cecília se revela em plena maturidade artística, audível na expressividade conferida à interpretação das canções, que vão do samba, ao choro, da embolada ao tango, passando por interessantes misturas rítmicas como a dos blocos tradicionais maranhenses. Para a cantora, esse é um disco com uma “alma subjetiva”, carregado de sentimento.

“Diria que é um trabalho mais conceitual que o primeiro. O repertório traz letras que falam de amor, das nossas subjetividades e das emoções que permeiam esses importantes aspectos da vida da gente. Por isso, decidi trabalhar com o elemento água, no título, na arte gráfica, no conteúdo. Na simbologia dos quatro elementos da natureza, a água representa o feminino, a flexibilidade, as emoções, o fluxo da vida”, explica Cecília.

A artista:      Cantora e compositora, Cecília Leite nos presenteou, logo em seu CD de estreia, com a faixa inédita em francês Dis-moi comment, gravada em dueto com Chico Buarque de Hollanda. O disco rendeu-lhe o prêmio de Melhor Cantora e melhor CD pela Rádio Universidade FM, em 2005, e o troféu The Best de Melhor Atração Musical, conferido pelo jornal O Estado do Maranhão, além de críticas elogiosas nos jornais O Globo, O Estado de São Paulo e Folha de São Paulo. O CD ficou entre os mais vendidos no ranking nacional da distribuidora Tratore-SP.

Representou o Brasil no Festival Internacional de Vozes Femininas do Mundo (2007) em Paris (FR), sendo apontada como uma das revelações do festival. Em 2014, seguiu para uma temporada de shows no Selective Art Café Jazz Club, em Paris, França.

O CD (Cecília Leite) traz ainda uma belíssima interpretação de uma das canções mais bonitas da música brasileira: clássico Choro Bandido, de Edu Lobo e Chico.       (Nélson Motta – Produtor Musical – Programa Sintonia Fina- RJ)

Soundcloudhttps://soundcloud.com/cec-lia-leite-oficial

Canal Youtube: https://www.youtube.com/channel/UC0v2BNeAk5iaM5rDgwQG_8A

CD Enquanto a Chuva Passa

Link do CD no site da Tratore: http://www.tratore.com.br/cd.asp?id=7892860238098

 iTunes: http://itunes.apple.com/us/album/id992887964    

SERVIÇO

Enquanto a chuva passa

Data: 30 de setembro de 2016 – 20h
Horário: 20h
Local: Sala Baden Powell – Copacabana
Endereço: Av. Nossa Sra. de Copacabana, 360 –  Telefone:(21) 2255-1067
Duração: 90 minutos
Classificação: Livre
ENTRADA FRANCA – mediante a doação de um livro infanto-juvenil na bilheteria do teatro.

DEIXE UM COMENTÁRIO