Casa Comum – ResidÊncia artística

Foi lançada a convocatória para a Casa Comum, residência artística que ocupará um antigo casarão do Estácio, bairro histórico da Zona Norte do Rio de Janeiro.  

Entre 12 de junho a 18 de julho de 2016, um grupo de 8 artistas/criadores formará um coletivo temporário e multidisciplinar, mergulhando em processos de interação, pesquisa e criação de obras em parceria – intervindo, ocupando, gerindo e ressignificando o espaço de convivência e trabalho.

A proposta principal de Casa Comum é a experiência da arte como prática coletiva. Além da exposição dos trabalhos desenvolvidos, algumas etapas do processo serão abertas ao público – pesquisas, experimentos, testes e projetos serão compartilhados, estimulando a reflexão sobre o fazer e criar coletivo, as relações entre ateliê e cidade, arte e vida.

As experiências estéticas, sensoriais e conceituais culminarão em uma exposição a ser apresentada no local ao final da residência.

As inscrições estão abertas até o dia 25 de abril no site  www.casacomum.art.br

Podem participar artistas visuais, artistas sonoros, performers, dançarinos, escritores, arquitetos, cenógrafos, músicos, fotógrafos, cineastas, pesquisadores, curadores, ativistas, produtores culturais e demais interessados no formato desta residência.

A idealização e coordenação do projeto são de Marina Fraga (editora da Revista Carbono, curadora dos Encontros Carbônicos) e Lis Kogan (direção e curadoria do festival de cinema contemporâneo Semana dos Realizadores). Ambas comporão a equipe de seleção junto a outros curadores convidados, e acompanharão o processo criativo durante a residência.

Casa Comum é um projeto contemplado pelo edital de fomento direto Viva a Arte! da Prefeitura do Rio de Janeiro.

DEIXE UM COMENTÁRIO