A cantora mineira “Sara Não Tem Nome” faz show em Brasília pela primeira vez em evento comandado somente por mulheres

As brasilienses Beatriz Àguida e a capixaba Joana Bentes abrem o evento

Joana Bentes (foto: Tatiana Pezzin)
Joana Bentes (foto: Tatiana Pezzin)

Uma garota, um violão e um punhado de músicas incríveis! Essa é Sara Não Tem Nome, persona musical da cena mineira Sara Bragaque, aos 22 anos, lança o delicado CD Ômega III na capital.

A artista desembarca em Brasília pela primeira vez com sua banda, no dia 15 de maio para apresentação única, no Teatro Dulcina de Moraes, no centro de Brasília. No show, a cantora estará acompanhada dos músicos Vanessa de Michelis (guitarra) Jiulian Regine (bateria) e Victor Galvão (baixo.

O evento será comandado somente pelas mulheres, os shows de abertura contarão com a brasiliense Beatriz Àguida e a capixaba Joana Bentes, que farão apresentações no formato voz e violão. A discotecagem nos intervalos ficará a cargo de Bianca Martim.
A curadoria de brinquedos eróticos FluidLab: Laboratório dos Prazeres, também estará no local com vários produtos e novidades.

A cantora mineira, Sara não Tem Nome, responde a todos que a perguntam o motivo do batismo, com as músicas compostas desde quando tinha 15 anos. Aos 22, com as lembranças emotivas, resgatou sua adolescência na cidade de Contagem – MG nas letras e melodias cheias de conflitos familiares, solidão e desilusões amorosas no álbum de estreia. Sara não Tem Nome, radicada em São Paulo desde fevereiro de 2015, integrou o programa de residência artística do Red Bull Station e convidou Julito Cavalcante (Bike / Macaco Bong) para produzir o CD e gravar os baixos. Quem responde pela bateria é Daniel Fumega (Macaco Bong) e as guitarras Haffa Buletoe Gustavo Athayde (BIKE). Nos teclados e sinths, Fábio Gigliotti, trompete de Vanessa de Michelis (Post), violino e violoncelo de Marcelo Nunes e a participação de Guto Borges (Dead Lovers Twisted Hearts).

Você não precisa esperar até o dia 15 de maio, para ouvir o CD.

Baixe o CD http://saranaotemnome.com/

https://www.youtube.com/watch?v=PtEXbFhvG28

Facebook | Instagram | SoundCloud

Beatriz Àguida 

A brasiliense Beatriz Aguida é cantora e compositora nascida e residente em Brasília. Iniciou sua carreira nos palcos com bandas autorais de rock e paralelamente começou a escrever suas composições. Gravou, em 2012, o CD Insólido que teve uma das músicas “Casa Sonho” utilizada na trilha sonora da Web Serie “Positivos”; Gravou faixa em CD da Banda Local Gonorants; Em 2014 divulgou o Projeto “Contra o Tempo” em seu SoundCloud; Participou dos Projetos: “Bia canta Rita”, “Hotel Marina”, “Entre Amigos” e o mais recente “Taxi Lunar”; Cantou em shows de abertura dos cantores Angela Ro Ro, Tiê e Thiago Pethit; Recentemente participou do Projeto Sofar Sounds Brasilia com a música “Refotografia”; Faz parte do cenário da noite musical da cidade cantando em várias Casas como o Feitiço Mineiro e Café Savana.

Joana Bentes

A jovem e talentosa artista tem orgulho de seus ídolos e influências e traz um pouco de cada um deles para suas criações. Entre tantos nomes consagrados destaca alguns: Caetano Veloso, Tom Jobim, Gilberto Gil, Dominguinhos, Cazuza, Nando Reis, Lenine, Arnaldo Antunes, Adriana Calcanhotto, Paulinho Moska e intérpretes como Elis Regina, Cássia Eller e Mariana Aydar fazem parte da bagagem musical da cantora e multi-instrumentista.
Desde cedo Joana participou de diversas formações de bandas, todas com repertório voltado para a MPB e pop rock eclético. Em 2006, iniciou a graduação em Artes Plásticas na UFES. Nessa época conciliava os estudos com as aulas de bateria.
Apresentou-se no projeto Seis e Meia, em Vitória, que recebeu nomes como Flávio Venturini, Vander Lee e Moska. Numa segunda edição do projeto em 2014, Joana cantou e tocou composições próprias no show de abertura das cantoras Katia Rocha e Mariana Aydar.
Atualmente está em faze de finalização do primeiro CD.

SERVIÇO
Show de lançamento Sara Não Tem Nome CD Ômega III
Domingo (15), a partir das 17h
Teatro Dulcina – Conic, Setor de Diversões Sul (SDS)
Ingressos no local –
Até às18h R$ 10,00
Até às 19h R$ 15,00
A partir das 19h R$ 20,00
Obs: R$ 10,00 com nome na lista enviados para contato@desfrutecultural.com.br até sexta-feira, as 17h.