Camões se reinventa em novo single

Faixa em inglês é primeira autoprodução do artista  

Foto: Bruno_Machado

Paulo Camões surpreendeu muita gente com o EP “Cupim”, onde seu violão de nylon se misturava com as batidas eletrônicas – mas agora tudo está mudando. O instrumento que era seu parceiro assume uma posição coadjuvante. E Camões aponta uma maturidade artística com “There’s No Love”, novo single já disponível para download e streaming.  

Camões retorna como intérprete na faixa, cuja letra foi retirada do poema de mesmo nome de João Avocê, amigo do músico.  

“Eu tinha uma harmonia que adorava e que já estava na manga há muito tempo. Então peguei o poema do João que mais gostava e dei um jeito de juntar os dois”, explica.  

Pela primeira vez na “autoprodução”, a canção marca o amadurecimento do compositor: “Do ‘Cupim’ para cá, minha identidade está ainda mais definida. Comecei a produzir minhas músicas sozinho e isso me deu a possibilidade de experimentar diversas sonoridades sem amarras, até me aproximar do que mais me emociona.”  

Na busca pelo que agrade aos ouvidos – dele próprio e do público -, Camões buscou inspiração em músicas melodiosas com batidas eletrônicas e synths, como HONNE, Breakbot, Great Good Fine Ok, Whitest Boy Alive, entre outros.  

“Quero sempre fazer uma música que eu tenha vontade de ouvir, que me dê prazer. Se são esses sons que me dão prazer, que eu reproduza esses sons na minha música”, conta Camões sobre a construção musical de sua nova fase.  

Ouça “There’s no love”: https://camoes.bandcamp.com/track/theres-no-love 

DEIXE UM COMENTÁRIO