Caixa Cultural promove seminário sobre poesia brasileira contemporânea

Evento reunirá seis palestrantes entre autores, professores e críticos para debates com entrada franca

Seminário A Poesia HojeA CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 13 a 15 de janeiro de 2016 (quarta a sexta-feira), o seminário A poesia hoje: reflexões e considerações sobre a contemporaneidade, que vai debater as mudanças ocorridas no cenário literário ao longo dos últimos 15 anos. O seminário será realizado sempre às 19h, com entrada franca.

O evento busca discutir a literatura brasileira a partir da democratização do conhecimento, proporcionada pela internet e tecnologias de informação, como, também, a nova configuração do poema no ambiente virtual e as relações autor-obra e autor-leitor estabelecidas pelas mídias sociais. 

Para debater o tema, foram convidados o ator, escritor e colunista Gregório Duvivier; o poeta e contista Paulo Henriques Britto; a poeta, curadora e escritora Bruna Beber; o artista visual e doutor em literatura, Domingos Guimaraens, além do poeta e ensaísta Alberto Pucheu, e do editor e mestre em Literatura Brasileira, Lucas Viriato. Esses autores conquistaram seu espaço na rede, em pequenas e grandes editoras, em blogs, zines virtuais, podcasts, revistas e sites, abrindo caminho para outros. 

A poesia hoje: reflexões e considerações sobre a contemporaneidade pretende trazer uma reflexão sobre como o livre acesso à internet encurtou a distância entre poetas e leitores e possibilitou o surgimento de diversos nomes que figuram, atualmente, na categoria que se convencionou chamar Literatura Contemporânea.

O curador Caio Carmacho explica que a popularização da internet modificou os padrões da escrita e da expressão cultural. “A comunicação rebuscada deu lugar a um texto mais limpo e objetivo. A sensação é de que as pessoas não possuem mais tempo para divagar e, portanto, buscam ir direto ao ponto. Não que isso seja regra, mas há uma predileção, pelo menos na internet, pela síntese. E essa é uma característica geracional”, afirma.

O seminário será composto por três mesas, formadas por dois palestrantes e um mediador. Cada palestrante terá, em média, 30 minutos de argumentação para apresentação de seus textos. Em seguida, as mesas serão abertas à participação do público por meio de perguntas. Outras informações podem ser encontradas no endereço  www.facebook.com/apoesiahoje

 Programação:

13 de janeiro (quarta-feira)

19h – O amor e o humor na poesia contemporânea

Mesa dedicada à reflexão da revitalização da poesia pelos temas amor e humor. Poetas que usam a graça em sua arte (ou a arte em sua graça) ganharam força com a internet? Quando a piada erra e a poesia acerta?

Participação de Gregório Duvivier, artista, escritor e colunista; e de Domingos Guimaraens, poeta, artista visual e doutor em Literatura.

14 de janeiro (quinta-feira) 

19h – Viver de Poesia

Um debate sobre as dificuldades enfrentadas por todos que se dedicam, de corpo e alma, à escrita. Quais os meios encontrados para viver de literatura no Brasil? Quais são os espaços ocupados pela poesia contemporânea no mercado e nas universidades? É possível ser poeta em tempo integral e ainda pagar contas?

Participação de Paulo Henriques Britto, poeta, contista, professor de Estudos de Tradução da PUC-Rio; e Lucas Viriato, editor, produtor, curador e mestre em Literatura Brasileira.

15 de janeiro (sexta-feira) 

19h – Geografia do Poema ou A arte imita a vida

Essa mesa busca debater a cidade enquanto inspiração dos escritores. O quanto o contexto urbano e também as viagens e êxodos dos poetas passam a influenciar e habitar os seus poemas.

Participação de Bruna Beber, poeta, curadora e escritora; e de Alberto Pucheu, poeta, ensaísta, professor de Teoria Literária da Universidade Federal do Rio de Janeiro, cientista do Nosso Estado, pela Faperj, e pesquisador do CNPq.

Ficha técnica:

Curador: Caio Carmacho
Coordenação geral: Valterlei Borges
Realização: Provisório Permanente Produções Culturais

Serviço: 

Seminário: A poesia hoje: reflexões e considerações sobre a contemporaneidade
Entrada Franca (distribuição de senha uma hora antes do evento)
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 2
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô: Estação Carioca)
Telefone: (21) 3980-3815
Data:  13 a 15 de janeiro de 2015 (quarta a sexta-feira)
Horário: 19h
Classificação Indicativa: Livre
Acesso para pessoas com deficiência
Patrocínio: Caixa Econômica Federal e Governo Federal

DEIXE UM COMENTÁRIO