Brasileira premiada em festival de cinema nos EUA lança novo filme no Rio

A atriz Aymara Limma estreia o curta ‘Incondicional’ dia 21 de julho na Urca. O drama trata de crianças alérgicas vítimas de produtos sem informação adequada e da responsabilidade e do poder de imagem que as celebridades têm ao fazer qualquer tipo de campanha. Tema atual! Já que agora, no Brasil, é obrigatório constar no rótulo de alimentos alerta sobre lista de ingredientes alergênicos

Premiada no Cinema at the Edge Independent Film Festival em 2014, em Santa Monica, Califórnia (EUA), pela comédia romântica “Te Amo! Shabbat Shalom”, que venceu na categoria Melhor Curta-Metragem, a atriz e diretora Aymara Limma está com novo projeto para o cinema e estreia o seu novo curta, “Incondicional”, no dia 21 de julho, no Centro Cultural Gabriel Vilela, no Iate Clube do Rio de Janeiro, na Urca, Zona Sul.

Nesta produção, Aymara, que assina a produção, o roteiro e a direção, aposta num drama que aborda sobre um problema mundial: a morte de crianças após o consumo de produtos que não possuem nos rótulos informação sobre ingredientes alergênicos. O filme é uma obra de ficção, mas inspirado nessa questão grave que faz muitas vítimas. Tema atual, já que desde o dia 3 de julho, no Brasil, os alimentos têm obrigatoriedade de sair da fábrica com lista de 17 ingredientes que causam alergia nos rótulos. A decisão partiu da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em junho de 2015. Segundo a Anvisa, no Brasil, de 6% a 8% das crianças de 6 a 8 anos sofrem de algum tipo de alergia.

Esse drama sofrido por muitas mães chamou a atenção de Aymara. “Vivi em Los Angeles (EUA) muitos anos e via muitas mães reclamando e sofrendo, principalmente, no Halloween, quando é tradição as crianças pedirem balas. E muitos doces, às vezes, contém ingredientes que podem matar uma criança alérgica. Quando vim ao Brasil lançar ‘Te amo! Shabbat Shalom’, no Rio, ano passado, li uma matéria sobre a morte de uma criança e me bateu tão forte que resolvi pesquisar. E vi que o Brasil estava mudando. Um dos poucos (únicos) países que estavam atrasados com uma questão tão grave. Mas, graças à luta de muitas mães, isso está mudando. Uma lei foi aprovada! Descobri o movimento da ONG Poe no Rótulo. Vitória para o Brasil! ”, comemora ela.

Em “Incondicional”, Aymara Limma interpreta Janaína, uma mãe desesperada que vai atrás de uma celebridade, a apresentadora Renata Luz (Fernanda Chelleghin), quem ela acredita ser a responsável pela morte de seu filho alérgico, de 5 anos.

“Foi difícil eu me preparar para esta personagem. Adoro desafios, mas quando comecei a pesquisar e a ver a dor das mães que sofreram com a perda, eu me vi tentando fugir dessa dor. Honestamente, eu amo assistir a bons filmes leves para me distrair no dia a dia. Mas amo fazer filmes que tenham ação social por trás, que possam transformar vidas. Por isso, eu resolvi ser atriz. Estou envolvida de corpo e alma nesse projeto. O filme é para mexer com a consciência, também, acredito. Mostra o lado da responsabilidade de celebridades que usam a imagem para vender produtos que, muitas vezes, nem sabem do que se tratam. Além de que alerta sobre a desinformação das pessoas sobre questões alérgicas. Esse filme pode ajudar a educar e a informar”, avalia.

Com duração de 15 minutos, “Incondicional” estreia para convidados no dia 21 de julho, às 19h30, no Centro Cultural Gabriel Vilela, no Iate Clube do Rio de Janeiro (Av. Pasteur 333, Urca). Serão sorteados dez convites para a sessão. Os interessados devem curtir a página Incondicional https://www.facebook.com/Incondicional-1563057540662573/likes) e mandar mensagem inbox com nome completo e e-mail.

CartazSOBRE AYMARA LIMMA:
Aymara Limma ou Brazilian Firecracker, como ficou conhecida em Los Angeles pela sua paixão e energia nos palcos, é uma atriz carioca, apaixonada pelas artes. Internacionalmente, atuou no longa “Cidade dos Anjos” (com Nicolas Cage e Meg Ryan), de 1998. No Brasil, em 2003, apresentou o espetáculo “As Aventuras de Tom Sawyer”, que venceu em quatro categorias o Prêmio Maria Clara Machado.

A atriz há 26 anos, iniciou a sua carreira na TV com a minissérie “Capitães de Areia”, dirigida por Walter Lima Jr, na Rede Bandeirantes, em 1989.

Como uma formação, que foi dos competentes professores do Tablado aos renomados mestres em Hollywood, na Beverly Hills Playhouse (Milton Katselas e Jeffrey Tambor), a atriz volta ao Brasil depois de uma temporada de três anos em Los Angeles (EUA), onde estava se reciclando com a professora de interpretação Michelle Danner, para a pré-estreia do curta-metragem “Incondicional”.

Em 2015, o seu premiado filme “Te Amo! Shabbat Shalom” esteve entre os finalistas do Los Angeles Brazilian Film Festival 2015, realizado entre os dias 13 e 18 de setembro, em L.A. O curta concorreu na categoria Special Screenings do festival. 

Recentemente, Aymara Limma também se arriscou como pintora e inaugurou a sua primeira exposição multimídia individual, intitulada “Open your heart” (“Abra seu coração”), no Rio de Janeiro. A mostra reuniu 42 pinturas, 10 fotografias e vídeo que retratavam o amor e as belezas naturais, entre elas imagens do Rio de Janeiro.

SERVIÇO:  

Filme “Incondicional”, de Aymara Limma.

Estreia quinta-feira, 21 de julho, às 19h30, para convidados.

Direção: Aymara Limma e Daniel Camargo. Com Aymara Limma e Fernanda Chelleghin. Sinopse: Drama. Uma mãe desesperada persegue celebridade que ela acredita ser responsável pela morte de seu filho.  (Brasil, 2016, 15min). Livre.

Centro Cultural Gabriel Vilela, no Iate Clube do Rio de Janeiro – Av. Pasteur 333, Urca.

Serão sorteados dez convites. Os interessados devem curtir a página Incondicional https://www.facebook.com/Incondicional-1563057540662573/likes) e mandar mensagem inbox com nome completo e e-mail.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO