Boulevard Olímpico recebeu 950 mil pessoas durante as Paralimpíadas

Maior Live Site da história dos Jogos recebe o selo de Evento Neutro

Maior sucesso durante as Olimpíadas, o Boulevard Olímpico voltou a ser o ponto de encontro da torcida durante os Jogos Paralímpicos. Em onze dias de evento, entre 7 e 18 de setembro, os Live Sites do Porto e de Campo Grande receberam, juntos, quase 1 milhão de pessoas.
 
“Quando idealizávamos o projeto do Boulevard, nossa intenção era de que o local fosse o ponto de encontro entre o espírito carioca e o espírito olímpico, e chegamos ao final dos Jogos Rio2016 com a sensação de que acertamos em todos os detalhes. Durante as Paralimpíadas o público voltou a comparecer em peso, tanto para torcer pelos atletas quanto para passear e curtir as atrações especiais e os shows. O evento estrou pra história e o mais novo ponto turístico do Rio tem tudo para continuar sediando grandes eventos”, comemora Antonio Pedro Figueira de Mello, Secretário de Turismo do Rio de Janeiro.
Somente na revitalizada zona portuária, o público de 850 mil pessoas pôde conferir mais de 360 performances de artistas de rua como mímicos, estátuas vivas e músicos e cerca de 30 shows. Entre os destaques da programação do período, estão a apresentação do espetáculo The Garden, a Wheelchair Parade, que reuniu 10 cadeiras de rodas personalizadas por artistas de diferentes segmentos e os shows dos Embaixadores da Alegria, Baia convida Toni Platão e o Baile do Abrava, comandado por Thiago Abravanel.

Do Mural Etnias, assinado pelo artista Eduardo Kobra – que entrou para o Guinness como o maior grafite do mundo – até a Praça XV, os visitantes puderam conferir o Balão Panorâmico Skol, que encantou o público com um ângulo diferente da cidade, o radical bungee jump da Nissan, o Museu Itinerante “Se Prepara, Brasil”, da Bradesco Seguros, que contou a história dos Jogos Olímpicos e o showroom da Samsung. A Pira Olímpica, que voltou a ser acesa no período dos Jogos Paralímpicos, foi uma das atrações mais visitadas.

“Além de todo o sucesso, estamos muito felizes porque o Boulevard Olímpico recebeu o selo Evento Neutro. Todas as emissões de CO2 produzidas no Porto e em Madureira durante os jogos serão neutralizadas por meio de incentivo financeiro à projetos ambientais certificados”, conta Gaetano Lops, diretor geral da Gael Comunicação, empresa responsável pela criação e produção do Boulevard Olímpico. “Escolhemos as Cerâmicas do Rio de Janeiro, que utilizam práticas sustentáveis em suas atividades, e são auditadas e certificadas conforme o protocolo de Kyoto, além de trabalharem com a inclusão social nas comunidades locais. Com o apoio, a qualidade de vida da pessoas das regiões de Itaboraí, Queimados, Três Rios e Barra do Piraí será melhorada, além de promovido o uso sustentável de áreas verdes nestes locais”, finaliza Gaetano.

No Boulevard Olímpico realizado no Centro Esportivo Miécimo da Silva, em Campo Grande, a movimentação também foi intensa durante as Paralimpíadas. Cerca de 100 crianças e jovens participavam diariamente das oficinas esportivas e paradesportivas oferecidas no local. Já os shows de artistas como Preta Gil, Valesca Popozuda, Projota e Belo, entre outros, foram responsáveis por atrair 100 mil pessoas ao local no período de realização dos Jogos.

 
Boulevard Olímpico em números na Paralimpíada:
 
950 mil pessoas – 850 mil no Porto e 100 mil em Campo Grande

Mais de 360 performances de artistas de rua entre atores, malabaristas, mímicos, dançarinos e músicos

Cerca de 1700 voos no Balão Panorâmico Skol

Cerca de 16 mil visitantes no Museu Itinerante “Se Prepara Brasil”, da Bradesco Seguros (Porto)

Mais de 20 mil produtos vendidos nos 35 food trucks

Mais de 30 mil litros de bebida vendidas

DEIXE UM COMENTÁRIO