Bossa Nova in Concert

Chamon abre a terceira edição do projeto no Paris Show

DivulgaçãoA Bossa de alma nova! É com este espírito que o Paris Show, localizado na Casa de Arte e Cultura Julieta de Serpa, no Flamengo, apresenta mais uma vez o Bossa Nova In Concert, sucesso de público em 2014 e 2015. O show de abertura, dia 8 de setembro, será com o cantor Chamon.

Um dos principais componentes do grupo vocal Garganta Profunda e parceiro de palco, durante 11 anos, do grande compositor, escritor e ator Mário Lago, Chamon segue carreira solo e estará acompanhado do Trio Bossa In Concert, formado por Renato Beranger (teclado), Rogério Fernandes (contrabaixo) e Flávio Santos (bateria).  O cantor fará um passeio pela Bossa Nova e todas as suas vertentes, e recebe, como convidado especial, o artista mineiro Ladston do Nascimento.

O Bossa Nova In Concert, sob a direção artística de Chamon, reunirá, nos meses de setembro e outubro, sempre às quintas-feiras, às 21 horas, artistas já consagrados, além de jovens talentos. “A ideia é formar um grupo hetereogêneo e com um novo olhar para a Bossa Nova”, observa o cantor.

Ainda em setembro, o projeto promete ótimas atrações: Os Cariocas do Quarteto do Rio (dia 15); Osmar Milito e Mauro Senise (dia 22), e Celso Fonseca (dia 29). E em outubro: Urca Bossa Jazz (dia 6), Judith Vinhaes (dia 13), Eliane Salek (dia 20), e Marcel Powell e Ithamara Koorax (dia 27).

SOBRE CHAMON
Com o grupo vocal Garganta Profunda, gravou dois discos – “Orquestra de Vozes Garganta Profunda” e “Yes, nós temos Braguinha”. Em 1989, sob a direção de Abelardo Figueiredo, permaneceu em cartaz por três anos no Palladium, em São Paulo, com musicais, ao lado de nomes como Mielle, Rosemary, Dercy Gonçalves e Tony Ramos.

Em 1991, participou, no Rio, da gravação do CD em comemoração aos 80 anos de Mário Lago, com Zeca Pagodinho, Gal Costa, Paulinho da Viola, Ney Matogrosso, e D. Ivone Lara, entre outros nomes. Um ano mais tarde, montou o espetáculo “Meus Velhos Amigos”, com músicas de compositores que fizeram a época de ouro da MPB, como Roberto Martins, Herivelto Martins, Lamartine Babo, Braguinha, Alcyr Pires Vermelho e Mário Lago. Em 1996, lançou seu primeiro CD solo “Me Abraça”.

Gravou com Nelson Sargento, Noca da Portela, Chico Batera e Marvio Ciribelli. Durante mais de dez anos, foi parceiro de palco de Mário Lago, com quem fez mais de 500 apresentações pelo Brasil, com o espetáculo “Causos e Canções de Mário Lago”.  Por conta desta estreita convivência, recebeu de Mário Lago o elogio que ficou para sempre na sua carreira: “Chamon, a voz que os anjos imitam quando querem cantar”.

SOBRE LADSTON DO NASCIMENTO
Natural de Belo Horizonte, além de excelente cantor, é um dos mais premiados criadores de trilhas sonoras para o teatro de Minas, musicando mais de 70 peças. Entre os CDs lançados, destaque para “Simbora, João!” (2003-2004), que contou com a participação de Edu Lobo e letras de Antonio Martins e de seu novo parceiro Fernando Brant. Com o cantor Chamon, participou do musical “Missa dos Quilombos”, de Milton Nascimento e Dom Pedro Casaldaglia, exibido, durante nove anos, inclusive, no Ano Cultural Brasil-Portugal, nas cidades do Porto e Lisboa.

SOBRE O PARIS SHOW
A Casa de Arte e Cultura Julieta de Serpa, com o Paris Show, abre, mais uma vez, espaço para a boa música popular brasileira. Nos últimos anos, passaram por lá artistas de expressão internacional, como Roberto Menescal, Leny Andrade, Durval Ferreira, Marcos Valle, Carlos Lyra, Wanda Sá, Joyce, Peri Ribeiro, Tito Madi, Victor Biglione e Diogo Nogueira, entre muitos outros.

Jovens talentos sempre foram, também, um capítulo à parte no projeto musical. O estilo eclético e precursor de alguns artistas demonstrou todo o potencial de uma nova geração que carecia de espaços para apresentação e divulgação de seus trabalhos.

BOSSA NOVA IN CONCERT

CHAMON E TRIO BOSSA IN CONCERT

Artista convidado: Ladston do Nascimento
Data: 8 de setembro, quinta-feira, 21h
Casa de Arte e Cultura Julieta de Serpa – Paris Show
Praia do Flamengo, 340 – Flamengo
Telefone: 2551-1278
Capacidade: 90 lugares
Couvert artístico: R$ 60,00
Abertura da casa às 20h
*A casa aceita cartões e disponibiliza manobristas