Bossa Nova do Samba no Teatro Rival Petrobras

Tocar clássicos do samba e da bossa nova, daí a origem do nome Bossa do Samba, passando pelo choro, este era o caminho escolhido.Entretanto, as fronteiras musicais foram rompidas pelas influências individuais e a sintonia coletiva, criando possibilidades de inserir no repertório canções da MPB e ousadas misturas com o funksoul, balanço, sem que isso se descaracterizasse o trabalho.Ao contrário, deu personalidade e propriedade!

Esta será a quarta edição do Projeto Bossa do Samba & Amigos, que acontece uma vez por mês. Para a abertura do ano de 2016, há uma produção especial,que levará o projeto ao palco do Teatro Rival Petrobras com a participação de Helton Lopes, cantor e compositor da nova geração do Samba.

DivulgaçãoO repertório inclui músicas autorais e regravações dos discos No Samba Me Criei e Nosso Jeito, além de sucessos de grandes nomes do samba como Fundo de Quintal, Jovelina Pérola Negra, Zeca Pagodinho e muitos outros, passeando desde o samba canção ao partido alto, do samba choro à gafieira.

Do início nas casas noturnas da Lapa para outras tantas do Rio de janeiro e, projetando o Brasil e o mundo afora, o Bossa do Samba leva sua música formado por:

NininhoJhaazz – voz;

Isaias Costa – voz e cavaquinho;

Luizão Lima – baixo;

Carlinhos Rufino – percussão;

Dudu Lima – bateria.

Serviço: Bossa do Samba –  participação de Helton Lopes
Dia 19 de janeiro, terça-feira, às 19h30
Abertura da casa 18h30
Teatro Rival Petrobras
Rua: Álvaro Alvim, 33/37 – Cinelândia -Tel:  2240-4469

Preços:
R$ 50 (Inteira)
R$ 35 (Promoção para os 200 primeiros pagantes)
R$ 25 (Estudante / Idoso / Professor da rede municipal / Funcionários da Petrobras)
Classificação: 16 anos
Capacidade: 458 lugares
Esta casa é patrocinada pela Petrobras

DEIXE UM COMENTÁRIO