“Borderline” Monólogo de Junior Dalberto se apresenta no Festival de Teatro de Curitiba

Rutras, personagem vivido por Bruce Brandão, retrata artística e poeticamente um ser com transtorno de personalidade

foto: Lu Valiatti
foto: Lu Valiatti

Bipolaridade, esquizofrenia, desejos, loucura e lucidez. Esses são os temas de “Borderline”, monólogo que fará uma única apresentação no Festival de Teatro de Curitiba  dia 29  de março de 2016.

Com direção de Marcello Gonçalves, a montagem baseada no conto de Junior Dalberto é estrelada pelo ator potiguar Bruce Brandão. Produzido pela Cia. de Arte Nova, o drama traz Rutras, personagem do livro O Cangaço e o Carcará Sanguinolento, posicionando-se diante de questões íntimas relacionadas à família, sociedade, mundo cibernético e sua relação com a geração dos anos 90.

Para o crítico da APTR, Gilberto Bartholo, o espetáculo foi uma das melhores surpresas em TEATRO, dos últimos tempos.

“O desafio de dirigir proposto pelo ator Bruce Brandão, me acendeu em algo que é inerente a todos nós, homens da arte: a necessidade e o comprometimento de levar aos palcos uma obra singular e plural. Suponho que aonde quer que eu vá, levarei comigo os ventos das mudanças, eu estou na onda, no ritmo, marchando nele. O registro, a interpretação, a produção e a direção.” Marcello Gonçalves.

Para o ator Bruce Brandão, as leituras sobre o tema Borderline foram fruto do contato com o autor Junior Dalberto em Natal. Encantado com esse universo, fez suas pesquisas e se familiarizou com o tema.

“No início eu pensava em visitar clínicas psiquiátricas, entrar em manicômios, mas percebi que o ”manicômio” estava dentro de cada indivíduo. O entendimento sobre o transtorno Borderline me fez galgar outros degraus: É o jeito de ser. Quem já não teve medo de rejeição, impulsividade, ciúmes, sensação de abandono? Porém quando se trata de um Border, o olhar é outro. Tudo tem intensidade! Olhar poeticamente a doença é mergulhar no desconhecido.”

Sobre a Cia. de Arte Nova
A Cia. nasce do encontro entre os atores Marcello Gonçalves e Bruce Brandão, com a necessidade de gerar cultura, arte e o comprometimento com o trabalho de pesquisa, para criar novas formas de se pensar o teatro. Fomentando uma nova economia de gestão e transmissão de conhecimento, a Cia. criada em julho de 2014 pretende ser um centro integrado de arte onde os atores e as equipes formam e constroem um novo olhar sobre o teatro. Atualmente a Cia está em processo de montagem ”O Senador”, baseada na obra de Victor Hugo com estreia prevista para o segundo semestre de 2016.

FICHA TECNICA

Texto: Junior Dalberto
Direção: Marcello Gonçalves
Elenco: Bruce Brandão
Iluminador: Felipe Lourenço
Operadora de luz: Fábio Guará
Operadora de Som: Karini Pallavi
Assistente de Direção: Karini Pallavi
Diretor de Movimento: Márcio Vieira
Direção de Arte: Alex Brollo, Rafael Ronconi
Produção Executiva: Bruce Brandão e Karini Pallavi
Programador Visual: Carol Vasconcellos
Assessoria de Imprensa: Minas de Ideias
Realização: Cia de Arte Nova
Fotografia: Lu Valiatti

SERVIÇO

Borderline

Local: Teatro Universitário de Curitiba
Endereço: Travessa Nestor de Castro, s/nº, Gal. Júlio Moreira – Centro
Apresentação: Dia 29  de março de 2016
Horário: 21h
Preço: R$ 20,00
Funcionamento da Bilheteria: De 13h às 19h (3ª a 6ª feira), 13h às 22h (sábado) e 14
às 18h (domingo)
Telefone: (41) 3321-3312     
Duração: 55 min.
Classificação: 16 anos
Gênero: Drama
Capacidade: 90 lugares

DEIXE UM COMENTÁRIO